Santos perde para o Barcelona-EQU em casa pela Libertadores

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·3 minuto de leitura
Ecuador's Barcelona Carlos Garces (L) celebrates with teammates after scoring a goal against Brazil's Santos during their Copa Libertadores football tournament group stage match at the Vila Belmiro stadium in Santos, Brazil, on April 20, 2021. (Photo by GUILHERME DIONIZIO / POOL / AFP) (Photo by GUILHERME DIONIZIO/POOL/AFP via Getty Images)
Ecuador's Barcelona Carlos Garces (L) celebrates with teammates after scoring a goal against Brazil's Santos during their Copa Libertadores football tournament group stage match at the Vila Belmiro stadium in Santos, Brazil, on April 20, 2021. (Photo by GUILHERME DIONIZIO / POOL / AFP) (Photo by GUILHERME DIONIZIO/POOL/AFP via Getty Images)

Não foi a estreia esperado pelos torcedores. Na noite desta terça-feira, o Santos jogou mal e perdeu por 2 a 0 para o Barcelona-EQU, na Vila Belmiro, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Garcés e Pará (contra) fizeram os gols do jogo.

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Na próxima rodada, terça-feira, o Peixe viaja para Buenos Aires para enfrentar o Boca Juniors. Antes, no entanto, a equipe enfrenta Novorizontino (sexta) e Corinthians (domingo), ambos pelo Paulistão.

Leia mais:

O jogo

No primeiro tempo, o Barcelona surpreendeu. Com uma marcação pressão no campo do Santos, o time equatoriano não deixou o Peixe sair com facilidade e ainda ameaçou. Aos 11 minutos, em jogada pela direita, Pineida cruzou e Damian Diaz bateu de primeira, mas a bola passou raspando a trave esquerda de João Paulo.

O time comandado por Ariel Holan só começou a acordar depois dos 20 minutos. Na primeira chance, aos 22, Marinho aproveitou rebote da zaga e chutou, mas Burrio defendeu. Aos 24, Marcos Leonardo recebeu na área, girou o corpo e chutou, mas acertou a rede pelo lado de fora.

No melhor momento do Peixe na partida, a chuva aumentou. Um verdadeiro temporal caiu na Vila Belmiro, poças começaram a serem formadas no gramado e o Santos esfriou. O Barcelona aproveitou e teve outra boa chance aos 43, com Pineida, mas o goleiro João Paulo fez boa defesa.

O Barcelona abriu o placar logo no início do segundo tempo. Aos sete minutos, o Santos saiu jogando errado, Martínez recebeu na área e cruzou para Garcés empurrar para o gol.

Após o gol, o técnico Ariel Holan trocou Madson e Gabriel Pirani por Vinícius Balieiro e Lucas Braga, mas o Peixe continuou perdido em campo. Aos 15 minutos, Martínez soltou a bomba da intermediária e acertou o travessão do goleiro João Paulo.

O segundo gol saiu aos 23 minutos. Damian Diaz deu bom passe para Michael Hoyos, que chutou cruzado. A bola bateu em Pará e entrou.

O Santos ainda mudou, mas seguiu sem inspiração e o Barcelona-EQU conseguiu controlar o jogo.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 2 BARCELONA-EQU

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Andres Matonte (URU)

Gols: Garcés, aos 9' do 2ºT, Pará (contra), aos 23' do 2ºT
Cartões amarelos: Riveros, Pineida, Martínez (Barcelona-EQU) e Soteldo (Santos)

SANTOS
João Paulo, Madson (Vinícius Balieiro, aos 10' do 2ºT), Kaiky Fernandes, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (Lucas Lourenço, aos 35' do 2ºT), Pará e Gabriel Pirani (Lucas Braga, aos 9' do 2ºT); Marinho, Marcos Leonardo (Kaio Jorge, aos 35' do 2ºT) e Soteldo. Técnico: Ariel Holan

BARCELONA-EQU
Javier Burrai; Byron Castillo, Mario Pineida, Luis León e Williams Riveros; Nixon Molina (Lopes, no intervalo), Bruno Piñatares, Michael Hoyos (Quiñónes, aos 25' do 2ºT), Leandro Martínez (Montaño, aos 39' do 2ºT, Damián Díaz; Carlos Garcés (Mastriani, aos 29' do 2ºT). Ténico: Fabián Bustos