Santos joga mal e é derrotado pelo Guarani no Paulistão

O Guarani venceu o Santos por 2 a 0 no Brinco de Ouro da Princesa (Foto: Divulgação/Santos)


O Santos enfrentou o Guarani na noite desta quarta-feira (18), no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, e foi derrotado por 2 a 0. Os dois gols do Bugre saíram no início, um em cada tempo. O primeiro foi marcado por Giovanni Augusto, de pênalti, e o segundo, com apenas 18 segundos de bola rolando, em cabeceio de Nicolas Careca.

Com o resultado, o Santos caiu para terceiro lugar do Grupo A, com três pontos. O Guarani, que conquistou sua primeira vitória, assumiu a liderança do Grupo B.

> Veja a tabela do Campeonato Paulista 2023


> Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

Gol precoce

O Guarani precisou de apenas cinco minutos para sair na frente do placar. Um erro da defesa do Santos na saída de bola acabou em pênalti para os donos da casa, que foi cometido pelo goleiro João Paulo. Giovanni Augusto converteu a cobrança.

Pressão do Bugre

Após o gol, o Guarani foi para cima em busca de ampliar o marcador e quase chegou ao segundo. Aos 11 minutos, Derek acertou a trave, após rápida jogada pelo lado direito. Pouco depois, Luciano Castán cabeceou forte e obrigou o goleiro João Paulo a fazer boa defesa.

Peixe equilibra

Apago e sem força ofensiva, o time de Odair Hellmann quase não pressionava. Conseguiu controlar a partida na metade do primeiro tempo, quando o Guarani já havia diminuído o ritmo. Aos 24 minutos, Dodi cobrou falta e obrigou o goleiro Kozlinski a espalmar. Depois, aos 31, Maicon arriscou um chute para fora.

Gol relâmpago

18 segundos. Foi esse o tempo que o Guarani precisou para ampliar o marcador. No primeiro ataque, Bruno José cruzou da direita na cabeça de Nicolas Careca, que subiu sozinho para completar.

Decorrer do segundo tempo

O lado esquerdo da defesa do Santos falhava com frequência, e o Guarani aproveitava para avançar pelo setor. Mas, depois do gol, demorou para as equipes levarem perigo, de fato. Aos 26 minutos, Nicolas Careca finalizou por cima do gol. O Santos respondeu dois minutos depois, com Lucas Barbosa, que também mandou para fora.

Minutos finais

A reta final do confronto foi morna. O Santos se mostrava sem entrosamento e com falhas defensivas, enquanto o Guarani tirou o pé e controlou o resultado em casa.

Próximos desafios

O Peixe volta a campo pelo Paulistão no próximo domingo (22) para enfrentar o São Bernardo, fora de casa, às 18h30. O Bugre jogará novamente em casa. Agora, o time recebe o Ituano no sábado (21), às 16h.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 2 x 0 SANTOS

Local: Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Data-Hora: 18/1/2023 - 21h35 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Rafael Tadeu Alves de Souza
VAR: Adriano de Assis Miranda
Público/Renda: 4.699 pessoas / R$120.120,00
Cartões amarelos: João Paulo (SAN)
Cartões vermelhos: -
Gols: Giovanni Augusto (5'/1ºT) (1x0) e Nicolas Careca (1'/2ºT) (2x0)

GUARANI:
Maurício Kozlinski; Diogo Mateus, Lucão, Luciano Castán, Jamerson; Leandro Vilela, Richard Rios, Bruninho (Jenison, 27'/2ºT), Giovanni Augusto (Alan Santos, 28'/2ºT); Bruno José (Bruno Michel, 13'/2ºT) e Derek (Nicolas Careca, 42'/1ºT). Técnico: Mozart.

SANTOS:
João Paulo; João Lucas (Nathan, 29'/2ºT), Maicon, Eduardo Bauermann, Lucas Pires; Dodi (Lucas Braga, 40'/2ºT), Sandry, Vinícius Zanocelo (Ângelo, intervalo), Soteldo; Marcos Leonardo (Lucas Barbosa, 25'/2°T) e Mendoza (Rwan, 25'/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.