Santos insiste até chegar à rede e sai na frente em duelo com o Independiente

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brazil's Santos Kaio Jorge celebrates after scoring against Argentina's Independiente during the Copa Sudamericana round of 16 first leg football match at the Urbano Caldeira stadium in Santos, Brazil, on July 15, 2021. (Photo by CARLA CARNIEL / various sources / AFP) (Photo by CARLA CARNIEL/AFP via Getty Images)
Brazil's Santos Kaio Jorge celebrates after scoring against Argentina's Independiente during the Copa Sudamericana round of 16 first leg football match at the Urbano Caldeira stadium in Santos, Brazil, on July 15, 2021. (Photo by CARLA CARNIEL / various sources / AFP) (Photo by CARLA CARNIEL/AFP via Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos criou diversas oportunidades de gol até finalmente balançar a rede do Independiente, na noite de quinta-feira (15), na Vila Belmiro. O placar poderia ter sido maior, mas o time alvinegro fez o suficiente para triunfar por 1 a 0 sobre a formação argentina e sair na frente nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. 

Kaio Jorge, na 18ª finalização dos donos da casa, definiu o marcador aos 24 minutos do segundo tempo. O resultado permite aos comandados de Fernando Diniz jogar pelo empate na partida de volta, marcada para a próxima quinta (22), em Avellaneda. Quem sobreviver enfrentará o vencedor do embate entre o colombiano Junior Barranquilla e o paraguaio Libertad. 

Leia também:

Em Santos, ficou clara a diferença de ritmo entre as equipes. A agremiação brasileira, que vem atuando normalmente em diversas competições, enfrentou um adversário que não entrava em campo para uma partida oficial desde maio -a temporada do futebol argentino está começando agora. 

O que se viu ao longo de todo o primeiro tempo foi o time da Vila Belmiro com a bola nos pés, rondando o gol dos visitantes, que se contentavam em se defender. Se evitaram oportunidades muito claras, não conseguiram se armar para surpreender em contra-ataques ou para aproveitar o faro de gol do centroavante Silvio Romero. 

Após o intervalo, o Santos adotou um comportamento mais agressivo e começou a enfileirar oportunidades. Quando Marinho errou por pouco uma tentativa de bicicleta, a estatística de finalizações do site SofaScore apontava vantagem de 16 a 1 para os donos da casa. O placar, no entanto, continuava zerado. 

Isso finalmente mudou em jogada bem trabalhada por Carlos Sánchez, que havia acabado de entrar, e Marinho. Marcos Guilherme recebeu na área e bateu de primeira. Sosa, que já tinha feito ótimas defesas, praticou mais uma. Mas Kaio Jorge apareceu para aproveitar o rebote e finalmente balançar a rede. 

O gol mudou completamente o comportamento do Independiente, que resolveu atacar e deixou o duelo franco. João Paulo, que apenas acompanhava a partida de sua meta, teve de trabalhar bem três vezes. E celebrou quando o bandeirinha assinalou impedimento e anulou o que seria o gol de empate, em chute de Romero. 

SANTOS 

João Paulo; Pará (Vinicius Zanocelo), Luiz Felipe, Kaiky e Moraes; Camacho, Jean Mota (Lucas Braga) e Gabriel Pirani (Sánchez); Marinho, Kaio Jorge (Madson) e Marcos Guilherme. T.: Fernando Diniz 

INDEPENDIENTE 

Sosa, Bustos, Ostachuk (Laso), Insaurralde e Rodríguez; Blanco (Lucas González), Lucas Romero e Palacios (Brayan Martines); Velasco(Herrera), Silvio Romero e Roa. T.: Júlio Falcioni 

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP) 

Árbitro: Wilmar Roldan (COL) 

Assistentes: Alexander Guzman e John Leon (COL) 

VAR: Julio Bascuñan (CHI) 

Cartões amarelos: Kaiky (SAN); Lucas Rodríguez (IND) 

Gol: Kaio Jorge (SAN), aos 24'/2ºT

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos