Santos honra compromisso e adianta 13º aos jogadores do elenco

Arthur Faria*
LANCE!
Peres adiantou o 13º aos jogadores e pagou uma das três parcelas dos direito de imagem (Gabriela Brino/Lancepress!)
Peres adiantou o 13º aos jogadores e pagou uma das três parcelas dos direito de imagem (Gabriela Brino/Lancepress!)


Na última segunda-feira, o Santos adiantou o 13º aos jogadores do elenco. Além disso, o clube pagou uma de três parcelas dos direito de imagem que devia a alguns atletas.

A promessa aconteceu na reunião que Peres teve com os jogadores ao lado do diretor técnico e superintendente de futebol William Thomas e o gerente Gabriel Andreata, no CT Rei Pelé, como informou o LANCE! na tarde da última segunda.

Ainda faltam duas parcelas dos direitos de imagens estarem em dia no clube. A diretoria santista não pretende estipular um prazo para o vencimento ser honrado.

TABELA
> Veja a classificação e o simulador do Brasileiro clicando aqui






O problema dos salários foi escancarado no último domingo após a vitória do Santos sobre a Chapecoense, por 2 a 0, na Vila. Na saída de campo, Marinho pediu a presença de Peres no CT para 'regularizar' assuntos pendentes. O zagueiro Gustavo Henrique complementou e deixou claro que tinha um atraso nos direitos de imagens há três meses.

Um dia depois, no CT, Marinho explicou a cobrança e afirmou que Peres compareceu no local para conversar com o elenco.

- Ele esteve aqui hoje, falou conosco sobre a dificuldade do clube. A gente entende, mas queríamos um posicionamento dele, sobre as três imagens que estão atrasados. É a última semana, queríamos ouvir dele. Temos de ter planejamento, 2020 é um ano especial para o torcedor e para nós jogador, competições importantes, Libertadores... Seguimos firme, temos dois jogos para acabar o ano bem, na vice-liderança. Santos acima de todos - declarou Marinho.

Não é de hoje a insatisfação do elenco do Santos em relação ao planejamento do Santos. Na última semana, o zagueiro Lucas Veríssimo lamentou erros da gestão e usou o Flamengo como modelo para ter sucesso no futebol brasileiro.

- Acho que hoje a gente pode pegar como exemplo o Flamengo. Eles investem pesado dentro de campo, mas conseguem um retorno tanto dentro como fora. É planejamento. O Santos precisa de um planejamento, algo que nos últimos dois anos tem tido pouco. Espero que o Santos melhore quanto a isso, o Santos merece isso. Quero ver o Santos brigando por títulos, mudando a postura e chegar a títulos - falou o camisa 28.

O Santos volta aos trabalhos na manhã desta terça-feira, no CT Rei Pelé. O Peixe segue preparação para enfrentar o Athletico-PR, nesta quarta, às 19h, na Arena da Baixada, pela penúltima rodada do Brasileiro.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também