Santos fecha com novo executivo e só aguarda multa de Gomes para anunciá-lo

Yahoo Esportes
<em>Sucessor de Ricardo Gomes foi sugerido por Cuca e aprovado por Peres (Ivan Storti/Santos FC)</em>
Sucessor de Ricardo Gomes foi sugerido por Cuca e aprovado por Peres (Ivan Storti/Santos FC)

O Santos já tem um novo diretor-executivo de futebol, mas questões burocráticas, ligadas à saída de Ricardo Gomes, ainda impedem que o anúncio do substituto seja feito. O Peixe só confirmará o nome do dirigente depois que o Bordeaux pagar a multa, na casa de R$ 1 milhão, pela rescisão do contrato de Ricardo Gomes.

Por uma cautela jurídica, o Santos decidiu aguardar o depósito do dinheiro para, em seguida, assinar o distrato com Ricardo Gomes, e enfim reocupar o cargo de executivo de futebol. A expectativa era de que o pagamento da multa fosse feito ainda nesta semana.

Dá para cravar, porém, que o escolhido foi sugerido por Cuca e aceito pelo presidente José Carlos Peres. Essa é mais uma sinalização do mandatário santista para acabar com as arestas criadas entre ele e o treinador, como o Blog revelou em matéria na última quarta-feira.

Também é possível afirmar que o novo executivo do Peixe está desempregado e não tem ligação com o clube, como defendiam uma série de conselheiros e torcedores do Santos. Desta maneira, nomes como os de César Sampaio, Jamelli, Elano e Deivid estão descartados.

A saída de Ricardo Gomes para o Bordeaux – ele será manager no clube francês – fez crescer a lista de executivos que ficaram pouco tempo à frente do Santos desde janeiro, no início da gestão de José Carlos Peres. Gustavo Vieira de Oliveira acabou demitido antes de completar cem dias no cargo. Já William Machado pediu demissão para cuidar de seus negócios.

Leia também