Santos fecha Brasileirão com segunda pior campanha nos pontos corridos; veja balanço

Santos encerrou o Brasileiro com derrota para o Fortaleza na Vila (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


O Santos encerrou o Campeonato Brasileiro 2022 na 12ª colocação, com 12 vitórias, 11 empates e 15 derrotas somando 44 gols marcados e 41 sofridos. A vaga carimbou a participação do Peixe na Copa Sul-Americana 2023.

Foi a segunda pior campanha do Peixe na sua história do Brasileiro dos pontos corridos, ficando na frente somente de 2008, quando fez apenas 45 pontos e terminou na 15ª colocação. A segunda pior até então era a campanha de 2009, quando o Peixe fez 49 pontos e terminou em 12º lugar.

Entre as 38 rodada da competição, o jogador santista que mais atuou foi o goleiro João Paulo, que só ficou de fora uma partida cumprindo suspensão por cartões. Marcos Leonardo foi o segundo atleta mais utilizado, com 36 jogos, e Lucas Braga e Bauermann disputaram 33 partidas.

O artilheiro do Peixe no Brasileiro foi Marcos Leonardo, com 13 gols marcados, seguido por Lucas Braga e Léo Baptistão, a,bos com 5 gols. Na competição em geral, o top 5 é composto por Cano (27), Pedro Raul (19), Calleri (18), Bissoli (14) e Marcos Leonardo (13). Quem mais deu assistências foi o atacante Ângelo, com 7 passes para gol.

O mais indisciplinado foi o volante Rodrigo Fernández com 15 cartões amarelos. Os volantes Zanocelo e Camacho sofreram 9 cartões e em terceiro o atacante Marcos Leonardo.

Veja os números do elenco do Peixe no Brasileirão:

João Paulo - 37 jogos e 41 gols sofridos
John - 1 jogo e 0 gols sofridos
Eduardo Bauermann - 33 jogos, 1 gol e 1 assistência
Luiz Felipe - 13 jogos, 1 gol e 1 assistência
Maicon - 23 jogos e 2 assistências
Alex - 4 jogos e 1 gol
Felipe Jonatan - 26 jogos e 2 assistências
Lucas Pires - 20 jogos
Nathan - 9 jogos
Madson - 27 jogos, 3 gols e 2 assistências
Auro - 7 jogos
Vinicius Balieiro - 5 jogos
Zanocelo - 28 jogos e 3 gols
Sánchez - 14 jogos e 1 assistência
Fernández - 29 jogos
Sandry - 22 jogos e 1 assistência
Carabajal - 8 jogos e 1 gol
Camacho - 26 jogos, 1 gol e 1 assistência
Luan - 8 jogos, 1 gol e 1 assistência
Lucas Barbosa - 26 jogos, 2 gols e 1 assistência
Ed Carlos - 6 jogos e 1 assistência
Bruno Oliveira - 14 jogos e 1 assistência
Miguelito - 2 jogos
Soteldo - 7 jogos e 1 assistência
Ângelo - 27 jogos, 1 gol e 7 assistências
Marcos Leonardo 36 jogos, 13 gols e 3 assistências
Lucas Braga - 33 jogos, 5 gols e 1 assistência
Angulo - 16 jogos, 2 gols e 1 assistência
Rwan - 17 jogos, 2 gols e 1 assistência
Tailson - 3 jogos
Jhojan Julio - 14 jogos e 2 assistências
Weslley Patati - 1 jogo

Quem mais atuou (jogos):

37 jogos - João Paulo
36 - Marcos Leonardo
33 - Bauermann e Lucas Braga
29 - Fernández
28 - Zanocelo
27 - Ângelo e Madson
26 - Felipe Jonatan, Camacho e Lucas Barbosa
23 - Maicon
22 - Sandry
20 - Lucas Pires
17 - Rwan e Léo Baptistão
16 - Angulo
14 - Jhojan Julio, Sánchez e Bruno Oliveira
13 - Luiz Felipe
9 - Nathan
8 - Luan e Carabajal
7 - Auro e Soteldo
6 - Ed Carlos
5 - Balieiro
4 - Alex
3 - Tailson
2 - Miguelito
1 - Patati, Kaiky ne John

Artilharia (gols):

13 - Marcos Leonardo
5 - Lucas Braga e Léo Baptistão
3 - Madson, Zanocelo
2 - Lucas Barbosa, Angulo e Rwan
1 - Bauermann, Luiz Felipe, Alex, Carabajal, Camacho, Luan e Ângelo

Assistências:

7 - Ângelo
3 - Marcos Leonardo
2 - Maicon, Felipe Jonatan, Madson e Jhojan Julio
1 - Bauermann, Luiz Felipe, Sánchez, Sandry, Camacho, Luan, Lucas Barbosa, Ed Carlos, Bruninho, Soteldo, Lucas Braga, Angulo e Rwan

Cartões (Amarelos):


15 - Fernández
9 - Zanocelo e Camacho
8 - Marcos Leonardo
7 - Bauermann
6 - Madson
5 - João Paulo e Ângelo
4 - Lucas Barbosa
3 - Felipe Jonatan, Lucas Braga, Sánchez e Luiz Felipe
2 - Jhojan Julio, Auro, Bruninho, Goulart, Lucas Pires, Sandry e Carabajal
1 - Rwan, Baptistão, Maicon, Soteldo, Nathan e Alex

Cartões (Vermelhos)

1 - Lucas Pires (direto), Nathan (direto), Lucas Barbosa (dois amarelos) e Bauermann (direto)