Santos fecha acordo com o Wolfsburg e evita novo transferban por caso Bruno Henrique

·1 min de leitura


O Santos anunciou na tarde desta quarta-feira (24) que fechou um acordo com o Wolfsburg, da Alemanha, que cobrava a parcela final da compra do atacante Bruno Henrique, feita em janeiro de 2017. O Peixe se comprometeu a pagar a dívida de 350 mil euros em 2020, mas não cumpriu o acordo e poderia sofrer um novo transferban a partir do dia 2 de dezembro.

A atual diretoria santista, liderada por Andres Rueda negociou com o clube alemão, sugerindo um novo parcelamento do valor em sete parcelas, seis de 50 mil euros, a primeira já paga esse mês, e a última de 60 mil euros, incluindo juros e multa.

- Essa foi mais uma situação que herdamos e estamos solucionando, para colocar o clube em dia - afirmou o presidente do Santos, Andres Rueda.

Bruno Henrique chegou ao Santos no começo de 2017, vindo do Wolfsburg, da Alemanha. Sua primeira temporada na Vila Belmiro foi excelente, mas a segunda, nem tanto. Em 2018, ele sofreu uma grave lesão no olho logo no primeiro jogo do ano, ficou muito tempo afastado do time santista e nunca reencontrou o bom futebol de 2017.

O atacante deixou o Peixe em venda para o Flamengo em 2019 por 23 milhões de reais depois de ter disputado 87 partidas com a camisa alvinegra, tendo anotado 20 gols.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos