Santos espera retorno de Zeca para ter força máxima no jogo de volta

Mesmo com o elenco descansado e o time praticamente completo, o Santos jogou mal em Campinas e foi derrotado por 1 a 0 pela Ponte Preta, neste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, pelo confronto de ida das quartas de final do Campeonato Paulista. Apático, lento e sem criação, a equipe comandada por Dorival Júnior sofreu com a velocidade da Macaca, principalmente pelo lado esquerdo. E para resolver esse problema, os santistas contam com o retorno de Zeca.

O lateral-esquerdo titular teve constatado um edema muscular na coxa direita e acabou sendo cortado para a partida em Campinas. Apesar da lesão, a comissão técnica ainda tem esperança de contar com ele para o jogo de volta, que acontece no próximo dia 10, às 20h (de Brasília), no Pacaembu. O jogador de 22 anos vai ser avaliado durante a semana para saber se terá condições de jogo.

Por conta da ausência de Zeca neste sábado, Jean Mota começou jogando no Moisés Lucarelli. Meia de origem, o camisa 39 atuou improvisado pela lateral. Sem a ajuda de Vitor Bueno na marcação, ele sofreu bastante com a velocidade de Nino Paraíba e Clayson. E foi justamente em uma jogada pela esquerda que Ponte conseguiu o gol marcado por Pottker, que definiu o resultado deste sábado.

Com a derrota, o alvinegro se vê obrigado a vencer por dois gols de diferença para conquistar a vaga direta. Caso o Peixe vença por apenas um gol, o confronto será decidido na disputa de pênaltis.