Alguém segura o Santos? O melhor futebol do país segue líder do Brasileiro

Alexandre Praetzel
O uruguaio Carlos Sanchez comemora o gol que abriu o placar na vitória sobre o Goiás. Foto: Duda Bairros/Agif/Gazeta Press
O uruguaio Carlos Sanchez comemora o gol que abriu o placar na vitória sobre o Goiás. Foto: Duda Bairros/Agif/Gazeta Press

Alguém segura o Santos, na Série A do Brasileiro? Essa é a pergunta da semana na principal competição do futebol brasileiro. O Santos goleou o Goiás por 6 a 1, em mais uma atuação brilhante ofensivamente, amassando o adversário. E esse estilo é o mais agradável de ver jogar. Tenho repetido isso várias vezes. Se o Santos for campeão brasileiro, fará um bem para o nosso futebol. Soteldo foi o destaque com dois gols e grande participação. Sanchez, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Sasha fecharam a conta. Cinco atletas diferentes marcaram gols.

Mesmo sem Sampaoli(suspenso) no banco, o Santos foi envolvente e avassalador, mantendo sua característica. Quem diz que o Santos só tem uma forma de atuar e que dá espaços para os adversários, afirma uma meia-verdade. Quando o Santos encaixa seu jogo, com a intensidade normal, abre vantagem no placar e deixa o oponente ainda mais pressionado. E aí vira a tática do “cobertor curto” para quem o enfrenta. Se parte com tudo para o ataque, corre o risco de levar uma goleada. Se mantém a postura defensiva, é encurralado pelos santistas. E foi assim contra o Goiás, com 3 a 0 ainda no primeiro tempo.

Leia também:

Agora, é administrar a euforia e se manter com tranquilidade na liderança com 32 pontos, sabendo que ainda faltam 25 rodadas pela frente. O Santos ainda tem São Paulo, Cruzeiro, Athletico e Flamengo como fortes adversários, até o final do turno.

Só que a mensagem já foi enviada: o Santos é forte candidato ao título, com a bola e estilo que vem jogando. Alguém busca? A conferir.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes |