Santos e Grêmio fazem duelo crítico na disputa contra o rebaixamento

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Santos e Grêmio duelavam, há menos de dez meses, para avançar às semifinais da Copa Libertadores. Agora, jogam na tentativa de ganhar algum respiro e ficar fora da zona de rebaixamento à segunda divisão do Campeonato Brasileiro.

Muita coisa deu errado desde dezembro para os dois times, que se enfrentam neste domingo. Ambos os lados fazem contas para escapar da degola, mas a matemática do fim de semana é simples: quem perder terminará a rodada entre os quatro últimos.

O Grêmio está nessa faixa da tabela desde o começo da competição e sofre para sair. As oportunidades eram consideradas boas nas últimas duas partidas, realizadas em Porto Alegre, mas a formação gaúcha perdeu para o Sport e empatou com o Cuiabá.

Dessa maneira, com 23 pontos em 22 partidas, a equipe tricolor não conseguiu ir além da 17ª colocação. E viu crescer a crise com discussões no vestiário e questionamentos ao trabalho do treinador Luiz Felipe Scolari.

No Santos, a situação não é muito mais confortável. Sem saber o que é uma vitória no Brasileiro desde 1º de agosto, o time alvinegro soma 25 pontos em 23 jogos. Portanto, em caso de derrota, será ultrapassado.

"Eu ainda não estou trazendo um número para o grupo, uma meta de pontos", afirmou o técnico Fábio Carille. "Claro que sei os números, o que aconteceu de pontuação nos últimos cinco anos, mas é cedo para estabelecer uma meta. A meta é o próximo jogo."

Em cinco duelos desde que chegou, o comandante ainda não comemorou um triunfo, mas enfim celebrou um gol. Após duas derrotas e dois empates sem que sua equipe marcasse, ele viu com bons olhos o empate por 1 a 1 no clássico com o São Paulo, na última quinta (7), no Morumbi.

"O que me deixou orgulhoso foram a luta e a disposição. É claro que, pela nossa situação, um empate não é bom, mas um ponto no Morumbi precisa ser valorizado. Vamos crescer nos jogos que faltam."

Por conta disso, o treinador deve repetir contra o Grêmio a escalação que iniciou o clássico, com os seguintes atletas: João Paulo; Vinicius Balieiro, Emiliano Velázquez e Wagner Palha; Marcos Guilherme, Camacho, Vinicius Zanocelo, Carlos Sánchez e Felipe Jonatan; Marinho e Léo Baptistão.

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Horário: 16h (de Brasília) deste domingo (10)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

VAR: Rodrigo Carvalhaes de Miranda, (RJ)

Transmissão: Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos