Santos e Flamengo se enfrentariam nesta quarta pelo Brasileirão

Fábio Lázaro*
LANCE!


Principais equipes da última edição do Campeonato Brasileiro, Santos e Flamengo se enfrentariam nesta quarta-feira, com mando santista, caso o futebol não tivesse paralisado no país há quase três meses, por conta da pandemia do novo coronavírus.

O duelo seria válido pela sexta rodada da competição nacional deste ano e teria mando santista. O duelo também poderia acontecer nesta quinta-feira, já que a CBF ainda não havia desmembrado a tabela do campeonato, mantendo, a princípio, todas as partidas para o dia 10 de junho.

Confira os principais motivos que fariam Santos e Flamengo ser o principal jogo do dia, caso acontecesse hoje.



Disputa em 2019

Embora o Rubro-Negro tenha sido o time a ser batido na América do Sul, em 2019, conquistando o Brasileirão e a Libertadores, a equipe brasileira que chegou mais perto de frear os cariocas foi o Peixe, à época comandado pelo argentino Jorge Sampaoli.

O Santos registrou a sua melhor campanha na era dos pontos corridos, com desempenho melhor do que 2004, ano em que foi campeão. Durante algumas rodadas chegou até a figurar na liderança, mas viu o clube carioca disparar na 19ª rodada, quando venceu o Alvinegro Praiano por 1 a 0, no estádio do Maracanã.

Último confronto

Mesmo tendo conquistado o Brasileirão com quatro rodadas de antecedência, os atletas flamenguistas não foram poupados no restante da competição. Na última rodada, a equipe reencontrou o Peixe, essa vez na Vila Belmiro, às vésperas da viagem do elenco ao Catar, para a disputa do Mundial de Clubes.

Enquanto isso, o Santos, então segundo colocado da competição nacional, precisava vencer para confirmar a vice-liderança. E os comandados de Jorge Sampaoli não tomaram conhecimento do campeão brasileiro e aplicaram uma sonora goleada por 4 a 0, com destaque para o trio Sánchez, Marinho e Soteldo. O Flamengo não perdia há quatro meses e quatro dias.

Duelo entre portugueses

Após a saída de Jorge Sampaoli do Peixe, no fim do ano passado, o Santos, movido pelo sucesso de Jorge Jesus no Flamengo, apostou no mercado português, contratando Jesualdo Ferreira. Assim como o comandante flamenguista, o técnico do Alvinegro Praiano tem uma vasta história em Portugal, inclusive tendo rivalizado com Jesus no clássico entre Porto e Benfica nos anos de 2009 e 2010.

O duelo entre paulistas e cariocas desta quarta-feira marcaria o reencontro de dois grandes treinadores lusitanos, enquanto um consolidado e outro buscando a afirmação no Brasil.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também