Santos pode tentar contratar Marcos Assunção

Volante se desligou do Palmeiras esta semana

Estadão Conteúdo
Marcos Assunção
.

Exibir foto

A diretoria do Santos admitiu, nesta segunda-feira, a possibilidade de o clube contratar Marcos Assunção. O volante não chegou a um acordo com o Palmeiras para renovar o seu contrato e, assim, está livre no mercado. Com isso, o gerente de futebol santista Nei Pandolfo revelou que vai conversar com o técnico Muricy Ramalho para definir se a equipe vai fazer uma proposta pelo veterano.

Veja também:
- Internacional recebe proposta do Cruzeiro pelo atacante Dagoberto
- Cruzeiro espera resolver detalhes para acertar com Éverton Ribeiro
- Botafogo tem reunião nesta segunda para acertar contratação de Bolívar

Marcos Assunção defendeu o Santos no final dos anos 1990, sendo negociado em 1999 com a Roma. A sua reconhecida qualidade nas jogadas de bola parada poderá levar o Santos a contratá-lo.

"O atleta tem a característica da bola parada, vamos falar com o Muricy, perguntar se tem interesse no jogador", afirmou Pandolfo.

O volante de 36 anos foi um dos destaques do Palmeiras na conquista da Copa do Brasil no ano passado e era considerado um dos principais jogadores do elenco. Porém, não acertou a sua permanência no clube após não chegar a um acordo salarial.

Além de Marcos Assunção, o Santos deve fazer novas investidas nos próximos dias para reforçar o seu elenco. O clube apresentou, nesta segunda-feira, o zagueiro Neto e deve fazer o mesmo nesta terça com o volante Renê Junior. Além disso, já acertou as contratações do lateral-esquerdo Guilherme Santos e do volante Cícero, mas ainda não oficializou nenhum dos dois porque os acordos ainda não foram assinados.

Pandolfo também garantiu que o Santos ainda não perdeu as esperanças de contratar Nenê, do Paris Saint-Germain. O clube teria oferecido salários de R$ 400 mil, mas o jogador desejaria receber R$ 500 mil livre de impostos.

Exibir comentários (18)
  • Recém-demitido do Real, Carlo Ancelotti vira alvo de gigante europeu

    No dia seguinte à demissão do comando do Real Madrid, Carlo Ancelotti entrou na mira de um gigante europeu que conhece muito bem. O proprietário do Milan, Silvio Berlusconi, admitiu nesta terça-feira o interesse do clube em trazer de volta o treinador italiano, responsável pelas principais conquistas do Rossonero na última década. A má fase do Milan e as divergências do técnico Felipe Inzaghi com a diretoria, principalmente em relação à filosofia de jogo, fizeram o dono da equipe optar por sua saída. Mais »

    Gazeta Press - 7 minutos atrás
  • Luxemburgo se mostra surpreso com demissão e critica gestores do Fla

    Após ser demitido a contragosto do comando do Flamengo, na noite da última segunda, o técnico Vanderlei Luxemburgo concedeu uma entrevista nesta terça, no Rio de Janeiro, para esclarecer os porquês de sua saída. Claramente descontente, mostrou-se surpreso com a posição da diretoria em rescindir e distribuiu críticas à conduta do grupo de gestores do clube. Segundo o treinador, a falta de "alinhamento" com a cúpula rubro-negra foi uma das motivações. Mais »

    Gazeta Press - 12 minutos atrás
  • Cotovelada pode tirar Dwight Howard do quinto jogo contra os Warriors

    O Houston Rockets sobreviveu na final da Conferência Oeste ao vencer o Golden State Warriors na noite da última segunda-feira, porém poderá ter um grande problema para o quinto jogo, na próxima quarta-feira. O pivô Dwight Howard corre risco de ter sua participação rechaçada pela NBA por conta de uma cotovelada em Andrew Bogut, durante o terceiro quarto. Mais »

    Gazeta Press - 21 minutos atrás
  • 'O Guerrero vai fazer falta' ao Corinthians, afirma Bruno Henrique

    O Corinthians perde um jogador que é a referência do time dentro de campo e também ídolo da torcida. Mais »

    Estadão Conteúdo - 22 minutos atrás
  • No mercado, Luxemburgo se propõe a ouvir novo convite do São Paulo

    Durante entrevista coletiva nesta terça-feira, para esclarecer sua saída do Flamengo cerca de doze horas depois do anúncio, o técnico Vanderlei Luxemburgo garantiu que está aberto a estudar novas propostas. Procurado pelo São Paulo há cerca de três semanas, Luxa admitiu que não se arrependeu da primeira recusa, e, tecendo elogios ao clube do Morumbi, mostrou-se disposto a analisar um eventual novo convite. Mais »

    Gazeta Press - 32 minutos atrás