Santos pode tentar contratar Marcos Assunção

Volante se desligou do Palmeiras esta semana

Estadão Conteúdo
Marcos Assunção
.

Exibir foto

A diretoria do Santos admitiu, nesta segunda-feira, a possibilidade de o clube contratar Marcos Assunção. O volante não chegou a um acordo com o Palmeiras para renovar o seu contrato e, assim, está livre no mercado. Com isso, o gerente de futebol santista Nei Pandolfo revelou que vai conversar com o técnico Muricy Ramalho para definir se a equipe vai fazer uma proposta pelo veterano.

Veja também:
- Internacional recebe proposta do Cruzeiro pelo atacante Dagoberto
- Cruzeiro espera resolver detalhes para acertar com Éverton Ribeiro
- Botafogo tem reunião nesta segunda para acertar contratação de Bolívar

Marcos Assunção defendeu o Santos no final dos anos 1990, sendo negociado em 1999 com a Roma. A sua reconhecida qualidade nas jogadas de bola parada poderá levar o Santos a contratá-lo.

"O atleta tem a característica da bola parada, vamos falar com o Muricy, perguntar se tem interesse no jogador", afirmou Pandolfo.

O volante de 36 anos foi um dos destaques do Palmeiras na conquista da Copa do Brasil no ano passado e era considerado um dos principais jogadores do elenco. Porém, não acertou a sua permanência no clube após não chegar a um acordo salarial.

Além de Marcos Assunção, o Santos deve fazer novas investidas nos próximos dias para reforçar o seu elenco. O clube apresentou, nesta segunda-feira, o zagueiro Neto e deve fazer o mesmo nesta terça com o volante Renê Junior. Além disso, já acertou as contratações do lateral-esquerdo Guilherme Santos e do volante Cícero, mas ainda não oficializou nenhum dos dois porque os acordos ainda não foram assinados.

Pandolfo também garantiu que o Santos ainda não perdeu as esperanças de contratar Nenê, do Paris Saint-Germain. O clube teria oferecido salários de R$ 400 mil, mas o jogador desejaria receber R$ 500 mil livre de impostos.

Lamentamos que você não tenha gostado deste comentário. Informe um motivo abaixo.

Tem certeza?
Classificação falhou. Tente novamente.
Falha na solicitação. Tente novamente.
Promoveremos comentários construtivos e espirituosos para aparecerem primeiro, todo mundo vai vê-los!
Lamentamos, mas não é possível carregar comentários no momento. Tente novamente.