Santos não deve trazer novo lateral e passa confiança para Jean Mota

O Santos não terá Zeca por até dois meses. Com isso, a equipe de Dorival Júnior fica sem um lateral-esquerdo de origem no elenco, já que Caju também está machucado. Mesmo assim, a diretoria do Peixe não pretende contratar um novo jogador para a posição. O comandante achou melhor dar um voto de confiança para Jean Mota, que será titular contra o Independiente Santa Fe, na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Bogotá, na Colômbia, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Meia de origem, atuou de forma improvisada pelos lados do campo nas partidas contra Santo André, Novorizontino e Ponte Preta (em Campinas) e vem agradando Dorival. Além dele, o alvinegro também conta com Matheus Ribeiro, que apesar de ser lateral-direito, é ambidestro e também pode jogar pela esquerda.

Logo após Zeca ter a lesão no menisco do joelho esquerdo constatada, o Peixe recebeu algumas ofertas de jogadores para a posição. Porém, a cúpula acredita que o uma terceira opção para a lateral está na base.

O jovem Ourinho, de 21 anos, é um dos destaques do Santos B. O lateral já treinou algumas vezes entre os profissionais e chegou a ser relacionado pelo técnico Dorival Júnior, mas ainda não atuou. Na semana passada, inclusive, o garoto foi chamado para conversar com o superintendente de esportes, Dagoberto dos Santos, que perguntou se pode contar com ele no futuro.