Santos demite o ex-atacante Alberto do cargo de coordenador de franquias

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O Santos demitiu o ex-jogador Alberto do cargo de Coordenador de Franquias e Embaixadas do clube. Campeão brasileiro em 2002 pelo Peixe, o ex-atacante assumiu o cargo no final de novembro durante gestão de transição de Orlando Rollo e ficou pouco mais de dois meses no cargo.

>> Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Alberto é proprietário de um unidade da escolinhas Meninos da Vila. Em carta enviada aos franqueados e embaixadas, ele anunciou a saída e desejou sorte para a nova gestão do Santos.

O Peixe hoje conta com mais de 50 franquias de sua escolinha pelo Brasil. Há unidades por diversas regiões do País. Além de formar cidadãos, as escolinhas também ajudam o clube a garimpar novos talentos. O projeto das embaixadas visa aproximar o Santos de seus torcedores que estão longe da Vila Belmiro, disseminando a cultura do clube e aumentando o quadro social. Hoje, são sete embaixadas oficiais e mais 23 provisórias.

Pelo Santos, Alberto jogou apenas a temporada de 2002. Foram 29 jogos e 12 gols, sendo o principal goleador da campanha do título brasileiro. Passou também por Ituano, Internacional, Necaxa (México), Atlante (México), Paulista, Rio Branco-SP, Palmeiras, Náutico, Botafogo-SP, Dynamo Moscou (Rússia), Corinthians, Rostov (Rússia), Atlético Mineiro, Coritiba, Ventforet Kofu, Grêmio Barueri, Ceará e Catanduvense.