Santos decide não renovar com gerente do futebol feminino

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·2 minuto de leitura


O Santos decidiu não renovar o contrato com Alessandro Rodrigues, gerente executivo de futebol feminino. A decisão foi tomada pela nova gestão, de Andres Rueda, que começou a reformulação no seu departamento de futebol e também já decidiu pela saída do técnico Guilherme Giudice, das Sereias da Vila.

O ex-gerente se despediu nas redes sociais e agradeceu pelos três anos que esteve na gerência do futebol feminino do Santos. Além disso, Alessandro agradeceu aos profissionais que conviveu, as amizades que fez e pediu para que cuidem das Sereias da Vila desde a base.

- Conversando esta tarde (sexta) com a nova direção do clube, decidiu-se pela não renovação do meu contrato, significa que é chegada a difícil (e inevitável) hora de dizer tchau. Não poderia fazê-lo sem alguns agradecimentos, felizmente são muitos. O texto será grande (se não couber aqui segue nos comentários, nos muros da cidade etc.). Começando pelo final, quero agradecer à nova direção pela atenção a mim dispensada nesse período de transição e pela postura respeitosa até o último momento. Em especial ao @joserenatoquaresma . Compreendo bem o momento do clube, as dificuldades e os motivos que me foram apresentados. E, ainda que mais não fosse pelo simples desejo de mudança, seria uma decisão legítima, compreensível e natural. À vocês desejo toda sorte do mundo, sucesso e que cuidem bem do futebol feminino - desabafou e pediu Alessandro Rodrigues.

- Isso vai muito além de elenco, comissão, orçamento, infraestrutura... É preciso discutir de peito aberto o lugar do futebol feminino. Não o lugar no organograma, o lugar na alma, na essência do clube. Se tenho algo a lamentar nesses 3 anos incríveis é não ter concluído essa discussão e, sendo sincero, perceber que ela mal começou. Parece simples. Não é. É necessária e é urgente. Voluntarismo, dedicação e militância (deliciosa militância que não abandonaria ainda que quisesse) por mais que sejam, não bastam. Agradeço a todos os membros, de todos os comitês de gestão aos quais me reportei. Obrigado pelo apoio e pela confiança.(...) Obrigado e me desculpem pelo que eventualmente tenha faltado. Saibam que às vezes faltou braço, perna, faltou ar e até cabeça (além de grana) mas entrega, acho que não. Gratidão pela parceria, pela lealdade e por terem me ensinado tanto - concluiu o ex-gerente.

O Peixe deve anunciar em breve os nomes para substituir o gerente e o técnico. Mudanças começaram a serem feitas na base com a demissão do coordenador Coronel Pimenta. As alterações mais bruscas no profissional devem ser realizadas após a semifinal contra o Boca Juniors, como forma de não interferir dentro de campo.