Santos cria pouco e perde para o Novorizontino pelo Campeonato Paulista

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Lento e sem criatividade, especialmente no 1º tempo, o Santos foi derrotado por 1 a 0 pelo Novorizontino nesta sexta-feira (23), pelo Campeonato Paulista. O futebol do time alvinegro foi fotocópia do mostrado na derrota para por 2 a 0 para Barcelona (EQU), pela Libertadores, na última terça (20). O técnico Ariel Holan poupou alguns titulares, como Marinho, Alison e Soteldo. Este último, com proposta do Vancouver Whitecaps, da Major League Soccer, pode não atuar mais pelo clube. O goleiro João Paulo pediu para ser dispensado por causa de problemas familiares. O Novorizontino parecia mais organizado em campo, o que não significou muita coisa. Até o intervalo, nenhuma das duas equipes tinha criado situações de gol. Com a necessidade de criar, Gabriel Pirani foi cobrado por Holan, mas o Santos errava muitos passes e não dava sequência às jogadas. Para tentar dar mais poder ofensivo ao time, o treinador colocou em campo o atacante Renyer no lugar de Ângelo, a grande esperança das categorias de base do clube. Quem abriu o placar foi o Novorizontino aos 3 minutos, quando Jean Mota perdeu uma dividida na intermediária. O cruzamento de Léo Baiano encontrou Jenison na área para abrir o placar. Os donos da casa continuavam mais conscientes e tiveram chance para ampliar em 5. O Santos melhorou na partida com a entrada de Kaio Jorge e ao atuar mais pelas pontas com lançamentos longos. Jean Mota, mais adiantado, tentou tomar as rédeas do meio-campo, mas sem grande sucesso. A equipe visitante voltou a ter mais posse de bola, mas não conseguiu criar nenhuma chance para empatar. Com o resultado, o Santos está em 2º lugar no Grupo D, com 9 pontos. O Novorizontino é vice-líder do Grupo C, com 17 pontos. Na próxima rodada, o alvinegro da Vila Belmiro faz o clássico contra o Corinthians neste domingo (25). É bem provável que Holan escale os reservas, já que dois dias depois terá partida decisiva pela Libertadores, contra o Boca Juniors, em Buenos Aires. NOVORIZONTINO Giovanni; Felipe Rodrigues, Robson, Bruno Aguiar, Paulinho; Barba, Léo Baiano (Adilson Goiano), João Pedro (Lepu), Murilo Rangel (Ricardo Luz); Danielzinho, Cléo Silva (Douglas Baggio) e Jenison (Guilherme Queiroz). T.: Léo Condé SANTOS John; Pará, Luan Peres, Kaiky e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro, Jean Mota (Lucas Lourenço) e Pirani (Kaio Pirani); Lucas Braga, Ângelo (Renyer) e Marcos Leonardo. T.: Ariel Holan Estádio: Dr. Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP) Juiz: Thiago Luis Scarascati Cartões amarelos: Murilo Rangel (Novorizontino); Felipe Jonatan, Luan Peres e Renyer (Santos) Gol: Jenison, aos 3min do segundo tempo