Santos consegue suspender todas as execuções cíveis contra o clube

·1 min de leitura
Andres Rueda comemorou mais um acordo para o Santos (FOTO: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC)


O Santos conseguiu uma vitória judicial importante nesta segunda-feira (18). O Peixe conseguiu o deferimento da suspensão de todas as execuções cíveis movidas contra o clube.

Essa medida permite que o clube apresente, no prazo de 60 dias, um plano ordenado e estruturado de pagamento aos seus credores cíveis, sem o risco de novas constrições, como penhora das rendas de patrocínio e direitos de televisionamento e, também, sem que o parcelamento das dívidas trabalhistas seja igualmente afetado.

O presidente do Santos, Andres Rueda, comemorou a vitória.

- Essa decisão é uma grande e importante vitória do Santos fora das quatro linhas, para seguirmos em direção ao equacionamento e saneamento das nossas muitas dívidas, que remontam a antigas gestões. A atuação do nosso Departamento Jurídico foi fundamental para que o clube possa se reorganizar, planejar e respirar para sua reestruturação - afirmou Rueda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos