Santos avalia zagueiros e brasileiro que atua no Japão entra na mira

Fábio Lázaro
LANCE!


Após a saída de Felipe Aguilar ao Athlético-PR, o Santos monitora nomes para compor a zaga do clube e o de Maurício Carvalho, zagueiro brasileiro que atua no Urawa Reds-JPN, surgiu como opção.

A diretoria santista tem mantido conversa com o estafe do jogador, que está desde 2017 no futebol japonês e é um dos líderes do elenco dos Diamonds, mas deseja voltar ao Brasil após o nascimento da sua segunda filha, há três meses. A pandemia do novo coronavírus reforçou o desejo do atleta em ficar mais próximo à família.


Peixe e representantes do zagueiro trabalham com a possibilidade de uma liberação de empréstimo por parte do Urawa.

Procurado pela reportagem, Maurício admitiu o desejo em vestir a camisa santista, mas despistou sobre uma possível negociação.

- Muitas pessoas estão nos ligando, mas não há nada concreto. O Santos é um clube que todo jogador gostaria de jogar um dia. Os treinos do Urawa estão para voltar na próxima semana e estou focado - afirmou com exclusividade ao LANCE!.

Aos 28 anos, o atleta foi revelado pelo São Paulo e passou quatro anos no futebol português, atuando por Portimoniense, Porto e Marítimo, antes de ingressar no futebol do Japão. Pelo Urawa Reds, conquistou a Liga dos Campões asiática, em 2017, e destacou-se marcando dois gols no Mundial de Clubes do mesmo ano.

Pendências podem atrapalhar

Caso o negócio avance, o Santos precisará resolver o imbróglio envolvendo uma ação na Fifa que impede o clube de registrar novos atletas, por conta de uma dívida com o Hamburgo-GER, relacionada ao não pagamento pelo zagueiro Cléber Reis. A diretoria santista coloca a resolução do caso como prioridade e tem se movimentado para encontrar soluções.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também