Santos anuncia venda de Soteldo ao Toronto e destrava punição da Fifa

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Santos anunciou neste sábado (24) a venda do meia venezuelano Yeferson Soteldo, 23, ao Toronto FC, clube canadense que disputa a Major League Soccer, por US$ 6 milhões (cerca de R$ 34 milhões). Com a transferência, o clube da Vila Belmiro destrava a punição da Fifa que o impedia de contratar atletas, fruto da dívida com o Huachipato (CHI), clube anterior de Soteldo. O dinheiro será repassado ao time chileno e o Santos pagará mais 500 mil dólares (cerca de R$ 2,7 milhões) de forma parcelada. O time brasileiro ainda conseguiu incluir na negociação cláusula em que ficará com 12,5% do lucro de uma venda futura de Soteldo. "Foi uma proposta que o Huachipato também aceitou e, principalmente, que o atleta queria. Não podíamos segurar o Soteldo, diante desse cenário. Na verdade, o Santos comprou, mas nunca pagou", disse o presidente Andrés Rueda ao site oficial do clube. "Com este Transfer Ban resolvido, abrimos uma janela para podermos considerar a contratações pontuais, dentro da responsabilidade financeira que assumimos no clube, de atletas para encorpar o elenco, dada a participação em muitas competições de forma simultânea." Soteldo foi contratado pelo Santos em 2019 e, em 104 partidas pela equipe, anotou 20 gols. Na última temporada, foi um dos destaques da equipe vice-campeã da Copa Libertadores. Na prática, o clube brasileiro ficou com o jogador por dois anos sem pagar um centavo ao Huachipato. "Temos de agradecer ao Soteldo por esse período no Santos, que tanto nos trouxe alegrias e por sua combatividade em campo. Certamente gostaríamos que ficasse mais e fizesse história com a nossa camisa. Desejamos sorte em seu novo clube", completou o presidente Rueda.