Santos anuncia primeiro contrato de promessa boliviana

·3 min de leitura
Miguel Terceros assinou com o Santos até abril de 2027 (Foto: Divulgação/Santos)


O meio campista boliviano Miguel Terceros assinou o seu primeiro contrato profissional com o Santos na manhã desta terça-feira (26). A expectativa era grande pois o garoto só poderia oficializar o vínculo após completar a maioridade. A Fifa proíbe transferências internacionais de menores de 18 anos. Ele faz aniversário nesta segunda.

Em reunião realizada na Vila Belmiro, ele e o presidente Andres Rueda firmaram o novo vínculo com duração de cinco anos, até abril de 2027. O encontro teve a presença dos pais do atleta, que vieram da Bolívia especialmente para a ocasião.

- Você percebe que o Miguel, além de ter um futebol de suma qualidade, é um rapaz do bem, com a cabeça centrada. Ele tem uma criação boa e nesse tempo aqui sempre mostrou que, além de ser um excelente jogador, também é uma boníssima pessoa. Esperamos um futuro grande para ele. Como sempre falo, o que o Santos cobra de seus atletas é garra, esforço e determinação. Os resultados e a evolução dele serão consequência disso. É isso que a gente espera de todos que fazem parte da família do Santos - disse o presidente Andres Rueda, sobre o atleta contratado.

Miguelito, como gosta de ser chamado no mundo do futebol, é natural de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Ele chegou ao Peixe por meio de intercâmbio promovido em parceria com o projeto Bolívia 2022, fundado em 2013 e que tinha como meta servir a Seleção Boliviana com jogadores próprios até o ano presente em seu nome.

Paulo Roberto de Souza, representante do projeto, também esteve presente no encontro desta terça. Miguel já foi convocado para participar de treinamentos com a seleção principal boliviana no final de 2021, mas ainda não chegou a entrar em campo.

Com dezoito anos completados na última segunda-feira (25), Miguel ainda tem de esperar a abertura da janela internacional de transferências, no meio deste ano, para enfim poder entrar em campo com o Manto Sagrado do Santos. Ele também sonha em ser o primeiro atleta boliviano a jogar pela equipe principal do Alvinegro Praiano.

- Estou muito feliz! Estava ansioso pelo tempo que passei aqui antes de assinar o contrato, mas estou muito contente pelo carinho que o Clube me deu. Vou tentar aproveitar ao máximo e curtir, porque é um dos clubes mais conhecidos do mundo e fico feliz por permanecer aqui - disse Miguelito.

Depois de assinar contrato com o Peixe, Miguel levou seus pais para conhecerem a Vila Belmiro e o Memorial das Conquistas do Clube. Ao pisar no gramado do Templo Sagrado, o garoto colocou para fora o sentimento de gratidão e de vontade de ajudar o time dentro de campo.

- só de estar aqui, pisando no campo, já é muito bom para mim. Mas já queria estar com a roupa de jogo pra poder ser feliz dentro de campo, ajudar o time e demonstrar meu talento, tudo o que aprendi nesse tempo aqui - disse, motivado, o novo contratado do Santos.

Miguelito mostrou conhecimento sobre a história do Peixe e revelou ter como inspirações de seu futebol dois dos maiores ídolos do Alvinegro Praiano: Pelé e Neymar.

- Eu gosto muito do Pelé, do Rei. Também sempre gostei muito do estilo de jogo do Neymar, que pega a bola vai pra frente e é isso. O jogo do Santos é sempre pra frente, pegar a bola, sair driblando e tentar fazer o gol - disse.

Esperança do torcedor santista para um futuro próximo, o meio campista também explicou um pouco mais de como se enxerga dentro de campo e de suas características individuais.

- Eu gosto de jogar pelo meio, pegar a bola e arrastar pra frente, ajudar os atacantes e também fazer gols, dar assistências. Meu jogo é em conjunto, gosto de ajudar a fazer o time jogar e sempre para a frente. Pegar a bola, sair driblando, fazer gols, essa é minha característica - concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos