Santos 1x2 Palmeiras: vitória graças ao craque do time

Fernando Prass é um dos ídolos do atual elenco do Palmeiras (38 anos) (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)

Craque é um adjetivo mal usado no Brasil. Há quem qualifique um jogador assim após poucas atuações e quase nenhum tempo em campo. É a necessidade da construção de ídolos que provoca essa agonia e desespero, tanto da imprensa como da torcida, que andam juntos por esse caminho.

No atual elenco do Palmeiras, o melhor do Brasil, lotado de bons e ótimos jogadores que podem se tornar craques, o único craque está no gol: Fernando Prass. O goleiro atingiu a maturidade faz anos e desde que chegou ao clube tem sido o melhor jogador do grupo, mesmo considerando o atual, cunhado com investimentos altíssimos com ajuda de uma empresa que admite pagar mais do que a marca do time vale.

Fernando Prass, que chegou ao Palmeiras em 2013 e tem cerca de 200 partidas como titular da equipe verde, de novo foi monstruoso na vitória de virada sobre o Santos pro 2 a 1, na Vila. Vitória que dá ainda mais tranquilidade ao técnico Eduardo Baptista, sempre questionado pela sua suposta falta de experiência.

Com a melhor campanha do Paulistão e líder do seu grupo na Libertadores, o Palmeiras já mostra crescimento tático em relação ao início da temporada e na partida contra o Peixe teve maturidade para virar um jogo em três minutos e em que o adversário criou mais e atuou melhor.