Santos é favorito diante do Santa Fé, que nunca venceu no Brasil

Douglas Nunes
Foto: Ivan Storti/ Santos FC/Divulgação Clube brasileiro precisa da vitória para desembolar grupo e encaminhar classificação Fechando a semana da Copa Libertadores, a quinta-feira traz mais quatro jogos, com destaque para o Santos, que recebe o Santa Fé, da Colômbia. Diferentemente dos outros brasileiros que entraram em campo, o clube não tem chances de confirmar sua classificação neste compromisso, mas precisa do resultado para não se complicar. Invicta na competição, a equipe é a grande favorita, dando R$ 1,42 por cada real, segundo projeções do Bumbet.

Foto: Ivan Storti/ Santos FC/Divulgação

Clube brasileiro precisa da vitória para desembolar grupo e encaminhar classificação

Fechando a semana da Copa Libertadores, a quinta-feira traz mais quatro jogos, com destaque para o Santos, que recebe o Santa Fé, da Colômbia. Diferentemente dos outros brasileiros que entraram em campo, o clube não tem chances de confirmar sua classificação neste compromisso, mas precisa do resultado para não se complicar.

Invicta na competição, a equipe é a grande favorita, dando R$ 1,42 por cada real, segundo projeções do Bumbet. O elenco de Dorival Junior até tem qualidade, mas a dificuldade do adversário fora de casa é um dos principais fatores para o desfecho positivo. Dos últimos nove compromissos dos colombianos nesta situação, em apenas um saiu vencedor, diante do América de Cali, pelo campeonato nacional.

Defesa é o ponto forte

Um fator que contribui para o otimismo santista é o sistema defensivo. Os brasileiros têm a defesa menos vazada da competição continental, com apenas um gol sofrido em três rodadas. O setor correspondeu até no Campeonato Paulista – apesar da eliminação precoce. Das últimas dez partidas, foram vazados apenas cinco vezes.  Na outra ponta, o ataque tem feito o seu papel, passando em branco em apenas duas oportunidades.

Com números assim, parece pouco provável que a vitória escape. Além disso, o Peixe mandará seu jogo no Pacaembu, onde venceu todos os seus últimos 18 compromissos. O último revés no estádio ocorreu em 2014, na final do Campeonato Estadual para o Ituano. Pela Libertadores, o Santos jamais foi derrotado no local, com sete triunfos e três empates.

Caso o Santa Fé consiga quebrar este tabu e voltar com os três pontos paga inacreditáveis R$ 7,00 / R$ 1,00. O empate rende pouco mais da metade, R$ 4,00 e deixaria tudo embolado.

Times quase completos

As únicas baixas santistas são de jogadores que já estão de fora desde o começo da temporada. Apesar de serem importantes para o setor defensivo, Zeca, Luiz Felipe e Gustavo Henrique pouco jogaram neste ano e, portanto, nem podem ser considerados como desfalques. Sendo assim, vai a campo a equipe que tem feito a maioria das partidas, incluindo os principais nomes do elenco como Ricardo Oliveira, Lucas Lima, Bruno Henrique e Thiago Maia. Do outro lado, o técnico aposta em Johan Arango, que é o principal organizador das jogadas ofensivas dos visitantes.

Oportunidades de lucro

A melhor forma de faturar alto é com o placar exato e quem investir no 2 a 0, por exemplo, garante R$ 6,50 em cada real. O resultado é bem possível para este duelo, mas se preferir abrir um pouco mais o leque de opções, pode aplicar no triunfo por dois gols de saldo, que leva R$ 2,38. Já o retorno para o mínimo três bolas na rede nesta partida é de R$ 2,05.

Santos com bom retrospecto contra colombianos

Contra o Santa Fé, o Santos só fez um jogo até aqui, o empate em 0 a 0 em abril deste ano. Porém, quando consideramos os jogos contra todos os colombianos, o clube aparece com um retrospecto de respeito. Em 19 encontros com equipes do país, o alvinegro praiano levou a melhor em 11, empatou quatro e foi derrotado em outras quatro. O último revés foi em 2004, quando o Once Caldas venceu em Manizales, pelas quartas de finais da edição daquele ano.

Já o adversário tem um histórico bem negativo contra brasileiros na competição. Como visitante, foram seis jogos e seis derrotas. Considerando partidas da Sul-Americana e da antiga Copa Conmebol, o jejum fica ainda maior, com dois empates e oito reveses.

Situação do grupo

Como a chave está completamente embolada, todos podem terminar a rodada dentro da zona de classificação, como também podem ficar de fora. A situação mais dramática é a do Sporting Cristal, que com apenas dois pontos, pode ser praticamente eliminado na sua partida contra o The Strongest, fora de casa.

Já a situação mais tranquila é a do Santos, que lidera com cinco – um a mais que Santa Fé e The Strongest. Uma vitória deixaria o clube com um pé na próxima fase, pois os dois rivais ainda se enfrentariam.

Confira as partidas desta quinta-feira da Copa Libertadores:

Odds em 03 de maio, segundo Bumbet

  • 19:30 – The Strongest (R$ 1,33) x (R$ 10,00) Sporting Cristal. Empate: R$ 4,75
  • 21:00 – Godoy Cruz (R$ 2,30) x (R$ 3,10) Libertad. Empate: R$ 3,20
  • 21:45 – Zamora (R$ 3,60) x (R$ 2,10) Guarani. Empate: R$ 3,20
  • 21:45 – Santos (R$ 1,42) x (R$ 7,00) Santa Fé. Empate: R$ 4,00