Santistas prometem ajudar Rafael Longuine: “Vai receber nosso apoio”

A morte dos pais e da tia do meia Rafael Longuine, do Santos, abalou todo o elenco do Peixe. Tanto que, na tarde desta terça-feira, importantes figuras se encontraram com a imprensa para comentar o ocorrido.

Os experientes Ricardo Oliveira, Renato e David Braz, além de Vanderlei, Victor Ferraz e Lucas Lima foram os responsáveis por dar apoio público ao meia, que foi liberado por tempo indeterminado pelo clube.

“Estamos aqui por uma causa triste, representando os nossos companheiros. Queremos dizer ao Rafael que sentimos muito pelo que aconteceu com seus familiares, e prestar condolências às vítimas que estiveram envolvidas no acidente. Nossa tristeza é notória. Ele vai receber nosso apoio e o ânimo que precisar. Por esta razão estamos aqui”, discursou o atacante Ricardo Oliveira, porta-voz do grupo.

Os pais de Longuine, Wellington e Maria Fátima, se envolveram em acidente de carro, no estado do Paraná. Eles, além da tia do meia, Lidia, e de Marcelo Kovalesk, motorista da carreta que bateu no veículo onde estavam os familiares do atleta.

O Santos também se pronunciou, por meio de nota oficial, garantindo todo o apoio ao jogador, que está liberado dos treinos para poder se recuperar do baque. O meia está perto de ter seu contrato com o clube renovado.

O Peixe volta a campo nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Pacaembu, diante do Santa Fé, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. A equipe lidera a chave 2 com cinco pontos, contra quatro dos próprios colombianos e do The Strongest, da Bolívia.