Sandro Meira Ricci lamenta cartão amarelo para Germán Cano por comemoração: 'Faltou bom senso'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Vasco venceu o Brusque neste domingo pela Série B, por 2 a 1, gol um dos gols marcados por Germán Cano, que literalmente levantou a bandeira contra a homofobia. Após a comemoração o artilheiro argentino foi penalizado com cartão amarelo pelo árbitro da partida juiz Salim Fende Chavez.

+ Veja a tabela da série B

Como justificativa, o juiz afirmou que não era permitido retirar a bandeira de escanteio do lugar. Durante a transmissão no canal 'Premiere', o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci opinou que faltou bom senso a Salim no lance e que Cano não deveria ter sido penalizado.

O Vasco fez parte da história da luta contra o preconceito com gestos bem representativos, dentro ou fora de campo, seja com campanhas de marketing do clube com a divulgação de um manifesto contra o preconceito. O autor do gol da vitória, Léo Matos, também se pronunciou e apoiou a campanha promovida pelo Vasco.

Já o zagueiro do Vasco Leandro Castan causou polêmica nas redes sociais após postar um longo versículo bíblico que fala do arco-íris e da mensagem de Deus a Noé: 'Sejam férteis, multipliquem-se e encham a terra'. Alguns internautas tiraram a mensagem como uma indireta para o Dia do Orgulho LGBT.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos