San Lorenzo reage diante da Católica na chave de Atlético-PR e Flamengo

O San Lorenzo conquistou a sua primeira vitória no grupo 4 da Copa Libertadores da América, o mesmo de Atlético-PR e Flamengo. Na noite desta terça-feira, após perder para os dois times brasileiros e empatar com a Universidad Católica, a formação argentina reencontrou a chilena no Nuevo Gasómetro e ganhou por 2 a 1.

O resultado deixou o San Lorenzo com os mesmos 4 pontos do Atlético-PR, um atrás da Universidad Católica e dois de desvantagem para o líder Flamengo. As equipes brasileiras irão se enfrentar na noite de quarta-feira, na Arena da Baixada, no complemento da quarta rodada da chave.

Para seguir vivo no torneio continental, o San Lorenzo contou com um belo gol aos 35 minutos do primeiro tempo. Após desvio em cobrança de escanteio, Blandi apareceu em liberdade na entrada da pequena área e colocou a bola na rede de voleio.

Aos 32 da etapa complementar, quando a torcida argentina já celebrava o triunfo, a Universidad Católica reagiu. Cordero arrancou em contra-ataque pela direita, trabalhou a jogada com Gutiérrez e bateu de pé esquerdo para o gol.

A Universidad Católica, no entanto, perdeu força para buscar a virada. Logo em seguida à igualdade, o zagueiro Kuscevic cometeu falta dura e acabou punido com o segundo cartão amarelo e consequentemente o vermelho.

O San Lorenzo tirou proveito da superioridade numérica para encurralar os visitantes em busca do gol da vitória. E conseguiu marcar. Aos 40 minutos, o pequenino Barrios, que havia acabado de substituir Belluschi, cabeceou para dentro em cruzamento de Merlini.

O próximo adversário do San Lorenzo na Libertadores será o Atlético-PR, em 3 de maio, na Arena da Baixada. No mesmo dia, a Universidad Católica tentará se reabilitar diante do Flamengo, no Maracanã.