Samuel Xavier exalta entrega do Fluminense na Libertadores e projeta Brasileirão: 'Momento de usar o elenco'

·3 minuto de leitura


Demorou até que Samuel Xavier pudesse ficar à disposição no Fluminense. Anunciado no início de março, o lateral-direito testou positivo para Covid-19, teve sintomas fortes e precisou de um tempo para se recuperar fisicamente. No quinto jogo com a camisa tricolor, o primeiro dele como titular com a equipe completa, o jogador ajudou o clube a fazer história e foi um dos destaques da vitória por 3 a 1 sobre o River Plate (ARG), no Monumental de Núñez, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

> Brasileirão vai começar! Veja datas, onde assistir e estádios dos dez primeiros jogos do Fluminense

Samuel chegou para disputar posição com um prestigiado Calegari, uma das revelações da última temporada. Ele havia sido acionado no segundo tempo do clássico com o Botafogo e teve oportunidades como titular nos times mistos contra Madureira e nas semifinais diante da Portuguesa. Vinha dando conta do recado e viu seu concorrente não repetir o bom futebol. O resultado foi a chance logo em uma das partidas mais importantes do Fluminense que deu a vaga às oitavas da Libertadores.

- Fico feliz de poder jogar como titular com a equipe que já vinha atuando em um jogo tão importante. Fico feliz com a atuação também junto da equipe. Foi uma partida que todos jogaram bem, até aqueles que entraram ao longo do jogo estiveram bem. Isso é bom para o nosso elenco e dá confiança a quem vem tendo oportunidade, assim como eu tive. Estou feliz pela conquista de classificar em um grupo tão difícil - disse o atleta, em contato com o LANCE!.

Veja como ficou a tabela do Grupo D da Libertadores

De acordo com o "SofaScore", Samuel teve 76 minutos em campo, um chute travado, uma interceptação e um desarme. Foram dois duelos ganhos no chão, duas faltas feitas e uma precisão de 74% nos passes, além de um passe decisivo. Ele acertou um cruzamento, teve uma finalização bloqueada e um drible bem sucedido.

Aos 30 anos, Samuel Xavier foi contratado também para dar mais experiência a um elenco recheado de jovens. Quando chegou, o lateral foi incisivo ao dizer que a principal necessidade do Fluminense na Libertadores seria a entrega. A fase de grupos de altos e baixos reforçou a necessidade. O Flu termina com 11 pontos, três vitórias, dois empates e uma derrota. Foram 10 gols marcados e sete sofridos.

- Sabemos que são clubes competitivos, especialmente os da Argentina. São equipes que dificilmente falta entrega total, jogadores que tem isso no DNA já. Sabíamos que precisávamos igualar isso em todos os jogos. São equipes competitivas, ainda no nosso grupo pegamos dois colombianos que se entregam muito. Era preciso igualar e saber que na técnica poderíamos sobressair. Era um grupo difícil, mas acredito que a entrega que tivemos, igualando na competitividade, conseguimos classificar em primeiro lugar.

Passada a empolgação pela vitória, o Fluminense inicia, nesta quinta-feira, a preparação para encarar o São Paulo na estreia do Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 21h, no Morumbi. O elenco, que desembarcou no Rio de Janeiro nesta quarta, viaja novamente na sexta, após o treino da manhã no CT Carlos Castilho. Samuel Xavier destacou a importância do elenco na maratona de partidas, já que a Copa do Brasil também começa na terça.

- Sabemos que chegou esse tempo e será uma maratona de jogos. O Fluminense, diretoria, fisiologia, comissão e todos os envolvidos fizeram um planejamento muito bom. Será o momento de usar o elenco. Não dá para o jogador ter uma sequência muito forte, até porque vai chegar o momento de ter partida sábado, terça, como foram os nossos. Com viagem, que desgasta mais ainda - avaliou Samuel.

- Nossa preparação física é muito boa, dá um respaldo enorme, mas a maratona de jogos, somos seres humanos e infelizmente com esse tempo curto, viagem, pouco descanso, é o momento de usar o elenco. Temos um grupo capacitado, que deu conta do recado no Estadual. Estamos preparados para enfrentar a maratona e é o que queremos. Nos classificamos na Libertadores, vem Copa do Brasil e Brasileirão e queremos ir o mais longe possível. Queremos conquistar muitas coisas neste ano - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos