Sampaoli vê Flamengo como prova para “identidade” do Santos

Gazeta Press

Sampaoli não quer Santos acuado contra o Flamengo (Ivan Storti/SFC)

O técnico Jorge Sampaoli vê a partida contra o Flamengo como prova para a “identidade” do Santos antes da reta final do Campeonato Brasileiro.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Sampaoli admite o melhor momento do rival, mas se esforça durante a semana para preparar um Peixe sem medo no sábado, a partir das 17h (de Brasília), no Maracanã, pela 19ª e última rodada do primeiro turno. O Alvinegro está a dois pontos do Rubro-Negro e pode ser o campeão simbólico da metade da competição.

Na conversa com os atletas no CT Rei Pelé, o argentino fala que a forma ofensiva de jogar, seja qual for o estádio, não se negocia. Ele não quer a equipe à espera do Flamengo e tem cobrado os atletas por mais vibração, em busca de ganhar cada dividida.

O treinador também está preocupado com o poder de fogo e o improviso dos jogadores de frente do Rubro-Negro. A ideia é ter as linhas próximas e evitar ao máximo o um contra um de Arrascaeta, Éverton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol.

Sampaoli aguarda por Evandro, que dificilmente terá condição de jogo após contratura na coxa esquerda, e deve armar o time novamente com três zagueiros.

Uma possível escalação é: Everson, Lucas Veríssimo, Felipe Aguilar e Gustavo Henrique; Alison; Victor Ferraz, Carlos Sánchez (Felipe Jonatan) e Jorge; Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha.


Leia também