Sampaoli: "Não há nada certo sobre reunião com a AFA"

Treinador argentino conta por que o brasileiro ficou mais de três meses sem entrar em campo com as cores do Sevilla e destaca atuação em La Liga

Até o momento, perfil sério e profissional. Apesar de a diretoria da Associação de Futebol da Argentina (AFA) ter admitido que Jorge Sampaoli é o candidato número um para substituir Edgardo Bauza, o treinador do Sevilla desmentiu que havia se reunido com os dirigentes da Seleção Argentina, ainda que tudo indique que, neste fim de semana, se realizará o primeiro contato pessoal.

"Não há nada certo sobre uma reunião com a AFA", disse o treinador em entrevista coletiva antes da partida entre Sevilla e Valencia, pela 32ª rodada de La Liga. 

"Muita coisa já passou nas últimas rodadas. Já fui técnico do Barça, do PSG, da Holanda, do Arsenal... Estão jogando com o meu nome", acrescentou o técnico argentino em tom bastante sério.

"A reunião [com a AFA] não depende de mim. Cada circunstância tem cada momento. Tenho contrato com o Sevilla e o fato é favorável para ambas as partes", comentou Sampaoli, que ainda concluiu:

"Se o clube tivesse que soltar um comunicado por cada rumor que aparece... Quando tiver que comunicar algo, eu direi ao presidente".