Sampaoli indicou e Atlético procurou Aránguiz. Mas chileno quer seguir na Europa

Yahoo Esportes
Aránguiz é titular da seleção chilena (Marcello Zambrana/AGIF)
Aránguiz é titular da seleção chilena (Marcello Zambrana/AGIF)

Logo após acertar com Jorge Sampaoli, no último domingo, a diretoria do Atlético-MG iniciou a busca por reforços, seguindo uma lista passada pelo treinador. Entre os nomes desejados pelo técnico argentino está o do volante Charles Aránguiz, de 30 anos, atualmente no Bayer Leverkusen. E o Galo foi atrás do chileno, mas a resposta não foi animadora. O desejo do jogador é seguir no futebol europeu por mais algum tempo.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O Atlético fez contato com André Cury, agente do jogador. Mas o clube mineiro nem sequer apresentou uma proposta, já que foi informado que Aránguiz seguirá no futebol europeu, embora sem definição de qual clube defenderá a partir da temporada 2020/2021. Como o contrato com o Leverkusen está perto do fim, o jogador já despertou o interesse de diversas equipes, da Europa e também do Brasil.

Leia também:

Além do Galo, outro brasileiro que tem interesse na contratação do volante é o Internacional. Aránguiz teve uma passagem de muito sucesso com a camisa do clube gaúcho. Apesar de curta, não foram nem dois anos completos no Beira-Rio e somente 57 jogos disputados, o chileno rapidamente conquistou a torcida colorada. Nesse período ele anotou 11 gols, antes de ser vendido ao Bayer Leverkusen por cerca de 13 milhões de euros (aproximadamente R$ 50 milhões na cotação da época), em agosto de 2015.

A relação entre Aránguiz e Jorge Sampaoli começou a ser construída em 2011, na Universidad do Chile, quando trabalharam juntos na equipe de Santiago. O time chileno conquistou a Copa Sul-Americana daquele ano, com um futebol agradável de se ver. Daquele time saíram alguns jogadores que serviram à seleção local mais tarde, treinada justamente por Sampaoli.

Aránguiz era peça importante do Chile que marcou época, quase eliminando o Brasil nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2014, em jogo disputado no Mineirão, e que conquistou a Copa América de 2015. Aránguiz bateu um dos pênaltis na disputa em que seleção chilena bateu a Argentina e conquistou seu primeiro título oficial.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Leia também