Sampaio Corrêa ganha do Confiança e segue com chance de entrar no G4

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


A dificuldade existe, mas a matemática da Série B do Brasileirão segue permitindo que o Sampaio Corrêa pense, mesmo que de maneira distante, no acesso. Diante do Confiança na Arena Batistão, o time de Léo Condé venceu por 1 a 0 está em sétimo lugar e tem 51 pontos, cinco a menos do que o quarto colocado CSA restando duas rodadas.

No caso do time sergipano, a 13ª posição com 45 pontos faz com que o time não pense em acesso, porém tampouco em risco de rebaixamento.

CHANCES PONTUAIS

Em uma etapa inicial onde a criatividade não foi o ponto alto, as jogadas baseadas na bola parada ganharam importância para criar perigo as duas metas. Com direito, aliás, a duas jogadas bem semelhantes onde a cobrança de escanteio buscando o gol olímpico passaram muito perto de surpreender os arqueiros Rafael Santos e Mota.

ADVERSÁRIO ADICIONAL

Além do Confiança, o Sampaio também angariou uma preocupação considerável em meio a reta final de temporada onde a questão física começa a ser cada vez mais determinante. Isso porque, antes dos 30 minutos, a equipe dirigida por Léo Condé precisou fazer duas substituições onde Paulo Sérgio e Eloir, sem condições de jogo, deram lugar a Joécio e a um improvisado Joazi na lateral-esquerda.

CAMPO AMIGO

Depois de levar real perigo em jogada tramada pela primeira vez apenas aos 11 minutos da etapa complementar, o Sampaio abriu a contagem em Aracaju contando com uma "forcinha" do gramado da Arena Batistão. Depois de bola dominada por Marcinho, o meia bateu em gol e viu a bola pingar no chão e enganar o arqueiro Rafael Santos na queda.

GARANTIU O TRIUNFO

Se no ataque Marcinho correspondeu, na retaguarda quem teve papel fundamental para a conquista dos três pontos foi o goleiro Mota. Após sair na frente, a Bolívia Querida foi "abalroada" por uma verdadeira onda de oportunidades criadas pelo Confiança e o camisa 1 precisou aparecer de maneira constante em três lances seguidos para segurar o marcador em 1 a 0 favorável aos maranhenses.