Base salva, e Corinthians busca empate com a Ponte Preta no fim

Russel Dias

Tudo caminhava para uma semana conturbada no Corinthians. Até os 31 minutos do primeiro tempo, a Ponte Preta mandava no jogo e estava à frente do placar com gol de Lucca, de falta, com falha de Cássio, Jadson e Maycon, que abriram a barreira e não atrapalharam o chute à meia altura. Mas no fim do segundo tempo, o zagueiro Léo Santos, da base do Timão, recebeu de Jô para empatar e espantar qualquer polêmica.

Quando igualou o placar, o Corinthians tinha uma linha de defesa formada inteira por jovens da base: Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos e Arana. O autor do gol substituiu Balbuena.

Antes disso, o time de Carille sofreu com os erros de passe (mais de 30 no jogo inteiro). Apesar da Macaca ser a mandante, era o Timão quem tomava a iniciativa do jogo e tentava propor com passes curtos. Porém, sobretudo no lado esquerdo, os erros eram frequentes e davam campo para a Ponte Preta.
No segundo tempo, Carille colocou Marlone e Kazim nas vagas de Jadson e Léo Jabá, o que surtiu efeito e recolocou o Corinthians na partida. Até então, era William Pottker, antigo desejo do time da capital, quem tinha mais oportunidades de ampliar.

A posse de bola era do Corinthians, mas dificilmente Aranha tinha trabalho dentro da área. Maycon tentou duas vezes de longe, sem sucesso. Após empatar, o Corinthians encaixou com Marlone e Kazim, que junto de Jô e pelos lados, ajudou a encontrar espaços e manter a bola por mais tempo no campo de ataque. Apesar do volume de jogo, não houve chances claras para o Timão virar o jogo.

Por falar em base, Matheus Cassini, também revelado no Terrão, entrou no time de Campinas e deu certo trabalho para Paulo Roberto, mas não mudou a postura da Macaca.

Com a sequência de cinco vitórias seguidas no Paulistão encerrada, o Corinthians foi a 19 pontos e segue na liderança geral do Paulistão com um ponto a mais que o Palmeiras. A Ponte Preta, também com um ponto somado, segue líder do Grupo D com 15 pontos.

O Timão volta a campo na quinta-feira, contra o Luverdense, em jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.












FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas (SP)
Data-Hora: 12/3/2017 - 16h
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo
Público/renda: 10.084 pagantes/R$ 193.485,00
Cartões amarelos: Clayson (PON), Paulo Roberto, Jadson e Jô (COR)
Cartões vermelhos: -
Gols: Lucca (35'/1ºT) (1-0), Léo Santos (31'/2ºT) (1-1),

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Jeferson; Fernando Bob, Matheus Jesus (Naldo, aos 35'/2ºT) e Ravanelli (Matheus Cassini, aos 34'/2ºT); Lucca (Lins, aos 22'/2ºT), Clayson e William Pottker. Técnico: Brigatti.

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena (Léo Santos, aos 20'/2ºT) e Guilherme Arana; Paulo Roberto; Jadson (Marlone, aos 28'/2ºT), Rodriguinho, Maycon e Léo Jabá (Kazim, no intervalo); Jô. Técnico: Fabio Carille.











E MAIS:

Leia também