Salomou Kalou, alvo do Botafogo: campeão pelo Chelsea e ocaso no Hertha Berlin

Goal.com

Depois da contratação de Keisuke Honda, além das negociações com Yaya Touré, Arjen Robben e John Obi Mikel, o Botafogo busca outra reforço de renome internacional: Salomon Kalou, atacante marfinense de 34 anos, atualmente próximo de encerrar seu contrato no Hertha Berlin, da Alemanha.

A informação foi divulgada por Thiago Franklin, em seu Canal do TF. Segundo o jornalista, o negócio está bem encaminhado e tem chances reais de sair. O contrato do artilheiro com o clube alemão acaba no final deste mês e o jogador ficará livre no mercado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Assim, a torcida do Botafogo já começou a procurar informações sobre Kalou - seja porque não conhecia o jogador em seus anos de Chelsea ou não o acompanhou em seus últimos anos no Hertha Berlin. Com uma carreira que, até agora, já teve seus altos e baixos, o atacante viria para poder brilhar em outro continente.

Anos dourados no Chelsea

Depois de ser revelado no Mimosas, de seu país natal, e brilhar por três anos no Feyenoord, recebeu uma oportunidade no Chelsea de José Mourinho em 2006 para fazer dupla de ataque com seu compatriota Didier Drogba - parceria que se repetiria na seleção marfinense.

Impressionou em seu primeiro ano e terminou a temporada como titular, com cinco gols e duas assistências nos últimos dez jogos da Premier League 2006/07.

Versátil, se consolidou no Chelsea e é capaz de jogar em todas as posições do ataque, mas brilhou mesmo na pontas, servindo os companheiros de ataque. Em 2007/08, atuando em 48 partidas, conseguiu marcar mais de dez gols, além de dar 12 assistências e balançar as redes na final da Liga dos Campeões - na disputa de pênaltis.

Salomon Kalou Chelsea
Salomon Kalou Chelsea

Nos anos seguintes, continuou sendo importantíssimo no elenco dos Blues, seja como titular ou "12º jogador". Conquistou a Premier League em 2009/10 e foi o terceiro maior artilheiro do clube na edição seguinte, atrás de Malouda e Drogba. Após temporada ruim em 2011/12, entretanto, não teve seu contrato renovado e deixou o clube.

Assim, terminou sua carreira no Chelsea com 60 gols, 44 assistências e participações importantes em vários títulos da equipe londrina, sendo titular sob o comando de vários treinadores diferentes.

Final triste no Hertha Berlin

Depois de sair do Chelsea, Kalou fez dois anos muito bons no Lille, da França, com média de 15 gols por temporada na Ligue 1. Não renovou, entretanto, e foi para o Hertha Berlin.

Na Alemanha, depois de uma primeira temporada instável, conseguiu se destacar como um dos poucos pontos positivos da equipe da capital. Agora dividido entre jogar pelos flancos e fazer as vezes de centroavante, o marfinense ficou na sexta posição na briga pela artilharia do Campeonato Alemão em seu segundo ano.

Em paz com a torcida, renovou seu vínculo e continuou sendo uma das peças-chave do Hertha Berlin, estando nos top dez artilheiros da Bundesliga também em 2017-18. Sua posição de destaque no clube, entretanto, sofreu um baque para este ano.

Com a chegada do novo mandatário, que renovou o elenco da equipe - incluindo a chegada de Matheus Cunha e Piatek no começo de 2020 -, Kalou perdeu a condição de titular, entrando nos minutos finais de partidas ou então só completando o banco de reservas.

Cada vez menos utilizado, passou a não ser nem relacionado pelo Hertha. Após a paralisação da Bundesliga, terminou sua carreira no clube de maneira triste: com pouco mais de um mês de contrato restante, durante uma sessão de treinamentos do time, que se preparava para o retorno da Bundesliga, o atacante fez uma transmissão no Facebook dentro dos vestiários onde quebrava os protocolos de isolamento social, divulgou segredos da diretoria e cumprimentou companheiros com apertos de mão - durante a quarentena.

Desta maneira, foi afastado e terminou o seu vínculo com o clube da capital sem ser relacionado para nenhuma das partidas nesta volta do futebol alemão. Kalou não joga uma partida desde 30 de novembro de 2019, quando atuou nos 12 minutos finais de uma derrota para o Borussia Dortmund, em uma partida válida pela 15ª rodada da Bundesliga.

Assim, o atacante terminou sua temporada de 2019/20 com sete partidas e dois gols. Além disso, não começa uma partida de titular desde outubro, pela Copa da Alemanha.

Leia também