Salgueiro chega a segunda vitória no Nordestão batendo o Treze

Futebol Latino
·3 minuto de leitura


Jogando na cidade de Salgueiro, o time da casa melhorou sua situação na Copa do Nordeste nessa quarta-feira (24) ao receber o Treze no estádio Cornélio de Barros e vencer pelo placar de 1 a 0, tento marcado ainda na etapa inicial pelo meio-campista Felipe Baiano.

>O que Salgueiro x Treze muda na tabela de classificação?

SUSTO DE UM LADO, SUSTO DO OUTRO

Enquanto as transições ofensivas dos donos da casa não funcionavam diante dos erros de passe além da marcação paraibana mais ajustada, foi o Treze quem conseguiu levar perigo pela primeira vez no confronto em cobrança de escanteio onde a zaga pernambucana errou feio no primeiro corte. Porém, na hora de finalizar, a defesa do Carcará conseguiu o bloqueio providencial quase na pequena área diante da batida de Romeu.

Por sua vez, assim que conseguiu encontrar os devidos espaços no costado da defensiva adversária, os comandados do português Daniel Neri finalmente foram insinuantes no cruzamento vindo da esquerda feito por Moreilândia. A bola era boa, mas o goleiro Jeferson e a zaga do Treze conseguiram cortar em cima da hora.

TIRO CERTEIRO

Como na bola rolando estava mis difícil, o Salgueiro conseguiu pular na frente do placar usando da bola aérea em lance onde, depois da batida de falta vinda do lado esquerdo feita por Tarcísio, a defesa paraibana cortou com Leozao cabeceando em direção a meia-lua. Na sobra, Felipe Baiano encheu o pé e, com a visão parcialmente encoberta, Jeferson pulou tarde e não alcançou a pelota que morreu no seu canto esquerdo.

AFOBAÇÃO

Apesar de não ter reagido negativamente no sentido de se desorganizar dentro da busca da igualdade, faltava eficiência para o Galo da Borborema conseguir finalizar de maneira mais perigosa contra o gol de Lucas que, em via de regra, até o intervalo teve apenas um momento de "susto" com Rogerinho dominando dentro da área e batendo bola em cima do arqueiro do Carcará.

VOLTOU ACESO

Se na reta fina da primeira etapa quem pressionou foram os visitantes, o descanso fez muito bem ao time da casa que, mais preciso nos passes que estruturavam a transição ofensiva, colocou o goleiro Jeferson em verdadeiro protagonismo. Isso porque, em menos de dez minutos, o Salgueiro exigiu três intervenções espetaculares e na sequência para evitar o segundo tento da equipe pernambucana.

No mais, o confronto foi bastante corrido no aspecto físico e de divididas cada vez mais ríspidas com a aproximação do fim do compromisso onde o time da Paraíba se lançou de qualquer maneira para o ataque. Porém, nada capaz de alterar o marcador no Cornélio de Barros que terminou favorável aos anfitriões.

FICHA TÉCNICA
​SALGUEIRO 1 x 0 TREZE


Local: Cornélio de Barros, em Salgueiro (PE)
Data e hora: 24/03/2021 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Maykon Matos Nunes
Assistentes: Antonio Adriano de Oliveira e José Carlos de Jesus
Cartões amarelos: Felipe Mineiro, Moreilândia (SAL) / Emerson, Jairinho, Darlan (TRE)

GOLS: Felipe Baiano (21'/1°T)

SALGUEIRO (Técnico: Daniel Neri)

Lucas; Dadinha, Ranieri, Leozão e Alan; Moreilândia, Alexandre Aruá, Felipe Baiano e Alison (Adriano Napão, aos 37'/2°T); Tarcísio (Héricles, aos 22'/2°T) e Passira (Elenílson, aos 48'/2°T).

TREZE (Técnico: Marcelinho Paraíba)

Jeferson; Paulinho, Marlon, Rômulo Costa e Emerson; Darlan (Bruce, aos 36'/2°T), Romeu, Birungueta (Ancelmo, aos 23'/2°T) e Kleiton Domingues (João Leandro, no intervalo); Rogerinho (Sony, aos 24'/2°T) e Jairinho (Marcelinho Júnior, aos 38'/2°T).