Salário baixo, contrato curto... Tiago Nunes não deve ficar no Athletico

Yahoo Esportes
Tiago Nunes é cogitado em vários grandes do país hoje em dia (Pedro H. Tesch/AGIF)
Tiago Nunes é cogitado em vários grandes do país hoje em dia (Pedro H. Tesch/AGIF)

Técnico brasileiro mais cobiçado no momento, Tiago Nunes tem tudo para deixar o Athletico Paranaense no fim da temporada. E até os dirigentes do Furacão já trabalham com essa possibilidade, cientes do enorme assédio pelo qual passará o mais novo técnico campeão da Copa do Brasil.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Tudo conspira para que o gaúcho de 39 anos troque a Arena da Baixada em breve. Seu contrato com o Furacão, se ecerra em 31 de dezembro. Ou seja, Tiago Nunes estará completamente livre a partir de 1º de janeiro.

Leia também:

Além da inexistência de multa, o treinador ainda é dono de um dos menores salários entre os seus colegas de Série A. Os vencimentos de Tiago Nunes giram na casa dos R$ 200 mil mensais, muito menos do que todos os técnico de times de ponta.

Você deve estar se perguntando; por que Tiago Nunes não pode ficar, se a parceria com o Furacão tem rendido tanto. É que Mario Celso Petraglia, que é quem manda no departamento de futebol, já deixou claro em outras oportunidades que não paga um caminhão de dinheiro ao comandante. Assim, o Furacão não entrará em leilão.

Petraglia costuma fazer jogo duro com seus treinadores. A última renovação de contrato de Tiago Nunes, no começo deste ano, foi longa e desesperadora para o torcedor do Furacão, que estava preocupado com o risco de perdê-lo. Na oportunidade, Tiago abriu mão da ideia de ser funcionário no regime da CLT para ter um contrato.

São Paulo, Corinthians, Atlético-MG, Cruzeiro e Inter são alguns dos clubes que podem se interessar por Tiago Nunes em algumas semanas. Todos vivem relações complicadas com seus comandantes e não é possível cravar a permanência de quaisquer deles.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter


Leia também