Saída de Kenedy rende economia gigante ao Flamengo

·1 min de leitura
Kenedy deixa o Fla com um gol e uma assistência após 17 jogos (Thiago Ribeiro/AGIF)

A notícia de que Kenedy está voltando ao Chelsea foi bastante comemorada pela diretoria do Flamengo. Pelo aspecto esportivo e financeiro. É que o atacante tinha o maior vencimento do elenco, ao lado de Gabigol - cada um embolsa aproximadamente R$ 1,6 milhão por mês entre salários, direitos de imagem e luvas.

No caso de Gabigol, o investimento tem se mostrado extremamente válido. Já no de Kenedy... Desde que chegou por empréstimo, ele disputou apenas 17 jogos, com um único gol marcado e uma assistência.

O retorno do atacante ao Chelsea ainda vai garantir uma economia de 500 mil euros ou R$ 3,2 milhões ao Flamengo. Ficou combinado no contrato entre as partes que o clube inglês teria a possibilidade de solicitar seu retorno em janeiro. Mas, se o fizesse, perderia o direito de cobrar os 500 mil euros pelo empréstimo.

Agora, o Fla vai ao mercado em busca de um atacante de lado de campo mais eficiente. O Blog apurou que um novo zagueiro também fazer parte dos planos, diante da desconfiança física de Rodrigo Caio - o zagueiro só atuou em 48% dos jogos na temporada passada e 44% na temporada de 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos