Saiba tudo sobre os bastidores do sorteio da próxima rodada da Copa da Inglaterra

O FFT enviou Greg Lea para a BT Tower na noite da última segunda-feira para descobrir o que há por trás do sorteio.

Exibir galeria

.

Este é um evento repetido diversas vezes por temporada em inúmeros torneios, mas ainda assim, algo nos fascina nos sorteios que definem os confrontos das rodadas seguintes em competições eliminatórias.

A mistura de entusiasmo e apreensão certamente é familiar para os fãs do futebol em todo o mundo, principalmente quando o sorteio em questão é tão direto e o torneio é tão inclusivo, como no caso da Copa da Inglaterra.

“É um prazer estar envolvido em algo desse tipo,” diz Stephen Cook, da BT Sport, uma das muitas pessoas que o FourFourTwo conheceu no caminho para a BT Tower, o local definido para o sorteio da quarta rodada da competição deste ano. “Todo fã de futebol fica ansioso em noites assim, e eu não sou diferente. É fácil envolver os especialistas – você faz uma chamada telefônica, menciona a Copa da Inglaterra, e eles concordam em participar no mesmo instante.”

Exibir galeria

.
Tudo pronto na mesa de controle da BT Sport.

Expertise em tecnologia

Eu estive conversando com Jake [Humphrey, apresentador do sorteio] ao longo do final da semana, preparando os fatos e números. Não há muito tempo para intervir quando ele está ao vivo, então é essencial resolver isso com antecedência

– Produtor Matt Curtis

Após a chegada, somos levados para a área da produção para dar uma olhada em alguns dos trabalhos preparatórios que fazem parte do programa. São necessários dois dias (!) para colocar todos os equipamentos no lugar, e embora ainda faltem duas horas e meia até o início da transmissão ao vivo, vários membros da equipe estão correndo de um lado para o outro para garantir que nada está fora do lugar.

“Há cerca de 60 pessoas envolvidas esta noite,” explica o produtor Matt Curtis. “Em relação ao meu papel, eu estive conversando com Jake [Humphrey, apresentador do sorteio] no final da semana, preparando os fatos e números para que ele tenha algo a dizer sobre cada time, quando eles forem sorteados. Não há muito tempo para intervir quando ele está ao vivo, então é essencial resolver isso com antecedência.”

Curtis também falou a respeito de alguns detalhes que o telespectador – incluindo o FFT – provavelmente não perceberá quando estiver assistindo ao andamento do sorteio do conforto do sofá de sua casa.

“É importante que os caras que fazem o sorteio, Michael Owen e Martin Keown, usem a mesma mão toda vez que pegam uma bola,” ele explica. “Eles também precisam se assegurar de que o número escrito na bola esteja visível, e não escondido por seus dedos. Parece simples, mas é preciso se acostumar com isso – motivo pelo qual fazemos cerca de quatro ensaios.”

Exibir galeria

.
“Se você mencionar 2001 de novo…”

Em seguida temos uma conversa rápida com o diretor Séan Hughes, responsável por decidir qual das imagens das nove câmeras disponíveis estará na tela em cada momento.

“É uma questão de timing,” disse Hughes ao FFT enquanto um estatístico pesquisava informações relevantes sobre o Lincoln City na cadeira ao seu lado. “Cinco câmeras ficarão centradas no sorteio em si, mas temos outra observando o centro de Londres do ponto de vista da Torre. Há muito material com o qual podemos trabalhar.”

“Eu escolheria reviver aquele jogo”

Se você me pedisse para escolher reviver um único dia da minha vida, eu escolheria a final da Copa da Inglaterra de 2001

– Michael Owen

Agora chegou a hora de trocar algumas palavras com alguns dos rostos mais conhecidos, envolvidos no sorteio, enquanto Owen e Keown fazem uma pausa nos ensaios para discutir suas próprias lembranças da Copa da Inglaterra.

“Quando eu era criança, eu costumava jogar a final no quintal da minha casa todos os anos,” diz o ex-defensor do Arsenal, que ganhou a competição com os Gunners em 1998, 2002 e 2003. “Esta foi a razão pela qual eu comecei no futebol; aquele sonho de um dia poder fazer aquilo. Se não fosse pela Copa da Inglaterra, talvez eu nunca tivesse começado a jogar.”

“Tentei vencer muitas vezes. Don Howe nos dizia que tínhamos apenas umas 10 chances de ganhar, e não poderíamos deixá-las passar. Eu achava que nunca ia chegar lá, então foi ótimo finalmente ser campeão em 1998, embora eu ainda não consiga entender como perdemos para o Liverpool três anos depois…”

Exibir galeria

.
“Don Howe nos dizia que tínhamos apenas umas 10 chances de ganhar”

Dois gols de Owen viraram aquela final de 2001 de cabeça para baixo, com o Arsenal jogando fora a liderança e perdendo por 2 a 1 no Millennium Stadium.

“Minhas lembranças [daquela partida] são muito vívidas, de verdade,” conta o ex-atacante do Liverpool, com o rosto iluminado, enquanto sua mente volta ao sexto triunfo dos Reds na Copa da Inglaterra. Se você me pedisse para escolher reviver um único dia da minha vida, eu escolheria reviver aquele jogo.”

“Foi simplesmente o dia mais incrível, do começo ao fim; o tempo estava ótimo, o estádio também, e os adversários estavam muito bem. Fazer o que eu disse que iria fazer quando era um menino de cinco anos – marcar o gol da vitória em uma Copa da Inglaterra – foi sensacional.”

Exibir galeria

.
Mo se emociona enquanto se lembra de 2001.

O pior que poderia acontecer

Você está ouvindo um diretor, produtor, assistente de produção, o responsável pelo som e o cara das estatísticas na sua orelha toda vez que uma bola é retirada, e você tem que tentar separar as partes relevantes da informação 

– Presenter Jake Humphrey

Também temos tempo para falar um pouco com Humphrey, que está completamente consciente das pressões logísticas que virão, apesar de seu comportamento calmo.

“O sorteio é engraçado porque é um programa muito curto – apenas 10 ou 15 minutos,” ele explica. “Também é diferente porque é muito roteirizado e você sabe o que vai acontecer, diferentemente de um jogo ao vivo.”

“Mas isso é muito mais estressante, principalmente porque a chance de algo dar errado é maior. Você também está ouvindo um diretor, produtor, assistente de produção, o responsável pelo som e o cara das estatísticas na sua orelha toda vez que uma bola é retirada, e você tem que tentar separar as partes relevantes da informação.

“Apesar disso, eu gosto do desafio – é dele que vem o prazer.”

Exibir galeria

.
O que poderia dar errado? Muito, de acordo com Humphrey.

Depois de comer um petisco, é hora de voltar para o segundo andar, já que tudo terá início em apenas alguns minutos. Um último ensaio termina com o Manchester City enfrentando o Watford enquanto cinegrafistas e fotógrafos ocupam suas posições.

 “20 segundos!”

“Qual é a pior coisa que poderia acontecer?” Pergunta Humphrey, observando um grupo de vencedores da competição que estão testemunhando os procedimentos de perto.

“Eu derrubar as bolas e elas se espalharem pelo estúdio,” Owen responde.

 “10 segundos!”

“Já imaginou?” Humphrey responde, balançando a cabeça e sorrindo enquanto olha para os papéis com informações na sua frente.

 “5 segundos!”

Então, após uma introdução rápida sobre os times ainda envolvidos, o sorteio começa. Um embate entre o Derby e o Leicester causa a maior reação entre os que estão assistindo, enquanto Manchester United vs Wigan, Chelsea vs Brentford e Wimbledon ou Sutton vs Cambridge ou Leeds também chamam atenção.

Menos de 10 minutos após o Tottenham ter sido a primeira bola sorteada, a cobertura do BT volta ao Abbey Stadium, onde o Cambridge e o Leeds irão batalhar para fazer uma viagem ao sul de Londres, em três semanas.

O sorteio para a quarta rodada da Copa da Inglaterra passou como um flash, mas o trabalho necessário para fazer com que ele ocorresse sem problemas é surpreendente. Descobrimos que retirar bolas de potes é apenas uma pequena parte do processo…

Greg Lea

Lamentamos que você não tenha gostado deste comentário. Informe um motivo abaixo.

Tem certeza?
Classificação falhou. Tente novamente.
Falha na solicitação. Tente novamente.
Promoveremos comentários construtivos e espirituosos para aparecerem primeiro, todo mundo vai vê-los!
Lamentamos, mas não é possível carregar comentários no momento. Tente novamente.