Saiba quem são os cinco maiores medalhistas olímpicos de todos os tempos

Yahoo Esportes
Conquistar medalhas olímpicas é uma grande honra aos competidores (Getty Images)
Conquistar medalhas olímpicas é uma grande honra aos competidores (Getty Images)

O critério do COI (Comitê Olímpico Internacional) para estabelecer um ranking entre medalhistas olímpicos na história é o mesmo usado na montagem do quadro de medalhas: a quantidade de ouros. No Top 5 a seguir, no entanto, vamos na outra direção, levando em conta o número de medalhas conquistas.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Michael Phelps tem 28 medalhas, das quais 23 de ouro

Enfrentar Phelps na piscina é um desafio e tanto (Foto por: GABRIEL BOUYS/AFP/Getty Images)
Enfrentar Phelps na piscina é um desafio e tanto (Foto por: GABRIEL BOUYS/AFP/Getty Images)

O lendário nadador norte-americano lidera com folga tanto no critério de medalhas de ouro (23) quanto no total (28, com 3 pratas e 2 bronzes). Ele participou de quatro edições dos Jogos Olímpicos, de Atenas 2004 ao Rio 2016. Em Pequim 2008 ele foi ao alto do pódio nada menos que 8 vezes, recorde absoluto de ouros olímpicos em uma mesma edição.

Larissa Latynina tem 18 pódios olímpicos

Latissa Latynina (à direita) conquistou várias medalhas (Foto por: STF/AFP/Getty Images)
Latissa Latynina (à direita) conquistou várias medalhas (Foto por: STF/AFP/Getty Images)

A ginasta soviética abre a lista dos atletas com 9 ouros olímpicos na carreira. Competidora de três edições dos Jogos (Melbourne 1956, Roma 1960 e Tóquio 1964), ela também ganhou 5 pratas e 4 bronzes, totalizando 18 pódios olímpicos. O finlandês Paavo Nurmi e o norte-americano Carl Lewis (Atletismo) e o nadador Mark Spitz (EUA), também têm 9 ouros.

Nikolay Andrianov tem 15 medalhas no total

Os soviéticos faziam sucesso na ginástica artística (Foto por: RDB/ullstein bild via Getty Images)
Os soviéticos faziam sucesso na ginástica artística (Foto por: RDB/ullstein bild via Getty Images)

Um dos esportes que fez da União Soviética uma potência olímpica foi a Ginástica Artística. Andrianov conquistou 7 ouros - menos que atletas como o corredor jamaicano Usain Bolt, que ganhou 8. Mas com suas 5 pratas e 3 bronzes em 3 participações (Munique 1972, Montreal 1976 e Moscou 1980) ele totaliza 15 pódios, terceiro lugar na contagem geral.

Boris Shakhlin fez história com 13 medalhas

A ginástica artística exige muita disciplina dos esportistas (Photo by ullstein bild/ullstein bild via Getty Images)
A ginástica artística exige muita disciplina dos esportistas (Photo by ullstein bild/ullstein bild via Getty Images)

Mais ginástica e mais União Soviética na lista. Shakhlin participou das mesmas edições olímpicas que sua conterrânea Larissa Latynina e conquistou 7 ouros como Nikolai Andrianov. Mas ganhou “apenas” 4 pratas e 2 bronzes, totalizando 13 medalhas e ficando de fora do pódio histórico.

Edoardo Mangiarotti ganhou medalhas em 1936 e 1960

À direta, Edoardo Mangiarotti em uma disputa de esgrima (Foto por: Universal/Corbis/VCG via Getty Images)
À direta, Edoardo Mangiarotti em uma disputa de esgrima (Foto por: Universal/Corbis/VCG via Getty Images)

No critério oficial de medalhas - o número de ouros - o esgrimista italiano sequer entra na lista do 15 maiores. Mas com seus 6 ouros, 5 pratas e 2 bronzes, soma 13 pódios olímpicos em 5 participações: a primeira em Berlim 1936 e a última em Roma 1960, incríveis 24 anos depois.

Leia também