Saiba o que o Benfica precisa fazer para contratar Mourinho

Mourinho falou que já havia notado o potencial de Salah e pediu sua contratação para o Chelsea (Reprodução)

Mourinho dispara contra críticas: 'Não sabem dos bastidores'

Mourinho falou que já havia notado o potencial de Salah e pediu sua contratação para o Chelsea (Reprodução)


José Mourinho ainda não definiu qual vai ser o próximo passo de sua carreira, após ser demitido do Manchester United. A imprensa européia especula um retorno para a sua terra natal e o Benfica como um possível novo destino. Para que isso aconteça, dois fatores devem ser levados em consideração: o dinheiro e o projeto.

Demissões em sequência
O técnico defendeu grandes clubes em sua carreira, mas foi demitido nos seus últimos três trabalhos (além do United, Chelsea e Real Madrid). Dessa forma, um projeto sólido é peça chave para um novo acerto. De acordo com o jornal espanhol 'As' e a imprensa portuguesa, Mourinho teria como exigência intervir nos mais pequenos detalhes para a formação da equipe, como foi feito no Real Madrid.

Grana alta
O dinheiro pode ser um empecilho. No Manchester United, Mourinho ganhava cerca de 15 milhões de euros por temporada, valor que a equipe lisboeta não teria condições de oferecer. Com isso, o treinador teria que aceitar abaixar o seu cachê. Todo esse projeto, porém, estaria sendo vislumbrado para a próxima temporada, em 2019/20.

Benfica ainda sem técnico
Atualmente, o Benfica está sob o comando de Bruno Lage, treinador interino, tendo em vista que o técnico Rui Vitória foi demitido na última quinta-feira. Os Encarnados, porém, venceram na última rodada e reassumiram a vice-colocação do Campeonato Português. Seferovic e João Félix, com dois gols cada, comandaram a vitória de virada, por 4 a 2, sobre o Rio Ave, neste domingo.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também