Saiba como será a sprint, minicorrida de classificação do GP da Grã-Bretanha de F-1

·2 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A próxima etapa da Fórmula 1, sediada em Silverstone, na Inglaterra, terá o primeiro teste de um formato diferente de formação da fila de largada. O "sprint qualifying", já utilizado na Fórmula 2, adianta em um dia o treino classificatório de voltas rápidas, e adiciona no sábado uma corrida curta, cujos resultados formarão a fila de largada de domingo (18).

O experimento acontecerá em três GPs ao longo do ano e, se aprovado por fãs, pilotos e equipes, a corrida curta de classificação pode tornar-se padrão para as próximas temporadas. Além de Silverstone, o circuito de Monza também testará o formato. O terceiro local ainda não foi divulgado, mas Interlagos, em São Paulo, é um dos favoritos para receber o sprint.

Nesta sexta (16), os pilotos terão uma hora de treino livre para acostumar-se com a pista e o carro antes de competir no treino classificatório, no modelo típico dos sábados. Aqueles com as voltas mais rápidas ganham as primeiras posições no grid de largada para a corrida curta do dia seguinte. O primeiro treino livre começa às 10h30, e a classificação, às 14h (horário de Brasília).

No sábado (17), os pilotos terão mais uma hora de treino livre às 8h, e às 12h30 (com transmissão da Band) começa a corrida classificatória -com cerca de meia hora de duração e extensão de 100 km, menos de um terço da corrida de domingo. As equipes terão escolha livre de pneus para a prova, permitindo maior variedade de estratégias.

O vencedor ganha a pole position e três pontos no Mundial de Pilotos. O segundo e terceiro lugar levam, respectivamente, dois e um ponto. O restante não pontua. Também não haverá cerimônia de pódio ao fim da corrida curta; o primeiro colocado recebe apenas um troféu da Pirelli. O sistema de punições e bandeiras continua válido.

No domingo (18), a corrida será praticamente igual aos outros GPs, com exceção da escolha livre de pneus para todas as equipes. Às 11h, os carros estarão posicionados na fila de largada de acordo com sua ordem de chegada na corrida curta, para as 52 voltas no circuito.

Vencedor do último GP, na Áustria, Max Verstappen lidera o Mundial com 32 pontos de vantagem sobre Lewis Hamilton.

Novo carro para 2022 O formato dos carros para a temporada 2022 da Fórmula 1 foi apresentado nesta quinta (15). As principais mudanças, cuja justificativa é promover corridas mais competitivas e seguras, são: pneus de 18 polegadas (cinco a mais que os atuais), nariz mais longo para absorver impacto, asa dianteira remodelada, asa traseira com pontas redondas, asinhas sobre as rodas dianteiras e um assoalho mais esguio. O veículo também ficou 5% mais pesado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos