SAF no São Paulo? 'Objetivo é diminuir a dívida para valor aumentar', explica Casares

Com a proposta aprovada pelo Conselho, Casares poderá tentar se reeleger neste ano (Foto: Divulgação)


O presidente do São Paulo, Julio Casares, aproveitou a realização de uma live com torcedores na tarde desta quinta-feira (5) para façar abertamente sobre a possibilidade do clube do Morumbi virar SAF. E revelou os reais objetivos para o futuro.

Segundo Casares, atualmente há um estudo sendo realizado pela consultoria Alvarez & Marsal sobre a viabilidade da SAF no Tricolor. Mas o objetivo prioritário é diminuir as dívidas para que tornar o clube mais valorizado aos potenciais investidores.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.


+ Saiba por onde andam hoje os artilheiros das últimas dez Copinhas
+ Confira as principais negociações do futebol nacional no Mercado da Bola do L!

- O estatuto do São Paulo prevê que o clube deva fazer um estudo. Na nossa gestão, nada que é previsto fica engavetado. Para que não houvesse qualquer prevalência, contratamos a consultoria Alvarez & Marsal, renomada no mundo todo, e estão concluindo esse estudo. A SAF será debatida pelo Conselho, sócios e com toda a comunidade.

Segundo o dirigente, o objetivo é fechar acordos mais vantajosos que os feitos pelos primeiros grandes clubes a aderirem ao formato.

- Os primeiros clubes que aderiram à SAF foram por extrema necessidade. O São Paulo quer equilibrar essa parte financeira para que, no futuro, caso haja uma proposta de SAF, o clube valha muito mais, como se fosse bolsa de valores. Quanto o São Paulo valia em 2021, quanto valia em 2022 e quanto vale hoje? Precisamos melhorar nossa postura no balcão de negociação. Pode não ser uma SAF, pode ser um fundo de capitalização no futebol. Isso tudo está sendo estudado.

> Confira jogos, classificação e simule os resultados do Paulistão-23