Sadio Mané está fora da Copa do Mundo 2022, diz Federação Senegalesa

Esperança de Senegal na Copa do Mundo, o atacante Sadio Mané, foi oficialmente cortado do elenco dos 'Leões de Teranga' após uma lesão na fíbula direita, segundo anúncio da Federação Senegalesa de Futebol, nesta quinta-feira (17).

"Infelizmente, a ressonância magnética de hoje (quinta-feira) nos mostra que a evolução não é favorável como imaginávamos e infelizmente decidimos declarar Sadio fora do Mundial", afirmou o médico da seleção, Manuel Afonso, citado na conta da equipe no Twitter.

O especialista sinalizou que "muito em breve deve ser marcada uma intervenção cirúrgica" para operar o jogador.

O senegalês se machucou no dia oito de novembro, na vitória do Bayern de Munique por 6 a 1 sobre o Werder Bremen, em uma disputa de bola com o zagueiro Amos Pieper.

Afonso chegou em Munique no dia 10 para examinar o jogador e consultar novamente a ressonância magnética para entender sua situação.

Nesta quinta-feira (17), um novo exame foi feito e constatou a necessidade de uma intervenção cirúrgica.

Logo após a lesão, Mané e sua equipe inicialmente haviam desistido de todas as esperanças de estar na Copa do Mundo, mas ficaram um pouco mais otimistas com a visita do médico. O jogador passou a ser considerado como um dos 26 convocados para o Mundial no Catar.

O treinador Aliou Cissé terá agora de encontrar um substituto para o lugar do ídolo senegalês até domingo, véspera da estreia de Senegal na competição, contra a Holanda.

A seleção senegalesa, que surgia como candidata à revelação do torneio, perde assim o seu líder, que levou os 'Leões' ao primeiro título da Copa Africana de Nações, em fevereiro de 2022, e agora terá o desafio de enfrentar Holanda, Catar e Equador sem o craque em campo.

ama-eba/hpa/rsc/iga/yr/am