De saída? PAOK chama Léo Jabá de volta, mas Vasco garante não ter que ceder

·1 minuto de leitura


Imbróglio em torno de um atacante no Vasco. O ponta Léo Jabá foi chamado de volta pelo PAOK, da Grécia, e pode ter que deixar o Cruz-Maltino. O clube de São Januário deseja manter o jogador e o liberou da semana de preparação e, consequentemente, do jogo contra o Sampaio Corrêa, nesta sexta-feira pela 10ª rodada da Série B. Em tese, ele se reapresenta nesta sexta-feira. Mas a pressão grega é forte.

O LANCE! apurou que o Vasco entende estar amparado juridicamente. Paralelamente, porém, o contexto do jogador com o clube europeu faz a situação ficar delicada.

> App de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Como Léo Jabá sofreu um grave problema físico, o contrato de empréstimo previa devolução em caso de baixa produtividade, o que não foi o caso. Só que antes da recente partida contra o Cruzeiro, o clube grego procurou o Vasco para ter o atleta de volta. Os clubes divergem.

> Confira a classificação completa da Série B

O Cruz-Maltino está irredutível, mas entende que a situação do jogador com a equipe grega é difícil. Por isso mesmo, o jogador foi a São Paulo (SP) e, com o empresário dele, tenta resolver o imbróglio.

Aos 22 anos, Jabá tem uma passagem positiva, mas curta pelo Gigante da Colina. Foram 17 jogos e um gol marcado em três meses até aqui. Ele ganhou tempo de jogo e confiança e vinha se alternando entre a titularidade e o banco de reservas. Mesmo quando não começava jogando, quase sempre ele é utilizado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos