De saída, Jorginho passa a ser o técnico que mais pontuou com o Vasco na Série B

Vasco teve quatro técnicos ao longo desta Série B (Fotos: Divulgação/Vasco)


Com a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) em punir o Sport e dar ao Vasco mais dois pontos da polêmica partida na Ilha do Retiro, Jorginho acabou se tornando o comandante cruz-maltino que mais pontuou nesta Série B. Mesmo com o acesso alcançado, a diretoria optou por não permanecer com o técnico para 2023.

Jorginho foi o quatro a comandar o clube na competição. O responsável por iniciar a caminhada do Vasco rumo à Série A foi Zé Ricardo, que pediu demissão depois do empate com o Grêmio, em São Januário, e foi comandar o Shimizu S-Pulse, do Japão. O técnico saiu do Cruz-Maltino invicto, mas acabou rebaixando o time japonês.

Logo depois, Emílio Faro assumiu de forma interina por duas rodadas e conquistou duas vitórias. Em seguida, Maurício Souza foi contratado e teve o pior desempenho entre dos quatro que comandaram o Gigante da Colina.

Com pouca experiência, o treinador não resistiu à derrota para o Vila Nova, que na época era o lanterna da competição. Com isso, Faro retornou e ficou por mais oito rodadas.

Já na reta final, Jorginho chegou com a missão de colocar o Vasco de volta na elite do futebol brasileiro. O acesso só veio na última rodada, após a vitória por 1 a 0 sobre o Ituano.

Ranking dos técnicos do Vasco na Série B:
1º - Jorginho (19 pontos): 9 jogos - 6 vitórias / 1 empate / 3 derrotas
2º - Zé Ricardo (18 pontos): 10 jogos - 4 vitórias / 6 empates
3º - Emílio Faro (16 pontos): 10 jogos - 5 vitórias / 1 empate / 4 derrotas
4º - Maurício Souza (11 pontos): 8 jogos - 3 vitórias / 2 empates / 3 derrotas