Saída de Jorge Jesus do Benfica não altera os planos da diretoria do Flamengo com Paulo Sousa

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Paulo Sousa vai comandar o Flamengo na próxima temporada (Foto: Reprodução/Instagram)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Jorge Jesus
    Treinador e ex-futebolista português


O desligamento de Jorge Jesus do Benfica, anunciado nesta terça, não mudará os planos da diretoria do Flamengo. O clube da Gávea, que acertou as condições para Paulo Sousa assumir o time em 2022, aguarda apenas a resolução da situação do técnico com a federação da Polônia.

Paulo Sousa já pediu a rescisão do vínculo com a seleção e a situação será resolvida até o dia 30 - quando o novo comandante rubro-negro deve ser confirmado. A informação foi dada inicialmente pelo "ge" e confirmada pelo LANCE!.

Sem técnico desde 29 de novembro, o Flamengo foi à Europa atrás de um novo treinador representado por Bruno Spindel e Marcos Braz, que viajaram para Lisboa após o término do Brasileirão. O diretor e o VP de futebol afirmaram que Jorge Jesus estava, sim, entre os nomes de interesse, sendo o nome preferido.

Após uma série de entrevistas e reuniões em Portugal, a dupla encaminhou o acerto com Paulo Sousa no último dia 26, após não receberem indicação de Jorge Jesus - com quem estiveram reunidos - que deixaria o Benfica antes do fim do contrato, cuja validade era até junho de 2022.

Desde então, o presidente Rodolfo Landim e Luiz Eduardo Baptista já deram suas versões sobre a busca do Flamengo por um treinador na Europa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos