Sósia de Gabigol já se passou pelo artilheiro do Flamengo na vida real: “me senti mal”

Jeferson Sales ficou tão famoso que concedeu até mesmo entrevista para o site da Fifa
Jeferson Sales ficou tão famoso que concedeu até mesmo entrevista para o site da Fifa

Não é apenas Gabigol quem está em mais evidência por causa de sua temporada espetacular, neste espetacular Flamengo. O sucesso do atacante provou ser, também, o de Jeferson Sales, que ficou famoso pela semelhança com o camisa 9 e virou o sósia oficial de Gabriel Barbosa. A fama chegou tão longe que o carioca concedeu entrevista até para o site da Fifa.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

“Até abril eu nem tinha um Instagram, agora eu tenho mais de 90 mil seguidores (...) Muitas pessoas me param nas ruas para tirar uma foto, para conversar. Muitas”, disse na entrevista. “As únicas coisas que eu fiz foi pintar meu cabelo e raspar parte das sobrancelhas. O meu cabelo já era igual, eu já parecia ele naturalmente”.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

De fato, a semelhança chama atenção. Tanta, que o “Gabigol da Torcida” revelou já ter se passado pelo artilheiro em duas ocasiões diferentes, embora uma delas realmente não tenha sido sua culpa.

“Um cara que vendia doces me viu, achou que eu era o Gabigol e gritou, pedindo para pararem e me deixarem passar. Eu nem tive tempo de explicar que não era ele”, revelou, explicando a ocasião em que estava atrasado para um jogo devido ao trânsito.

Mas houve uma ocasião em que lhe faltou coragem de dizer que era apenas um sósia, ainda que sua atitude tenha sido com a melhor das intenções.

“Às vezes eu fico envergonhado de explicar que não sou o Gabigol. Teve uma menina, uma vez, que estava louca para conhecer o Gabigol e veio chorando até a minha direção, bem emocionada, achando que eu era o Gabigol”.

“Eu não tive a coragem de contar para ela que eu não era o Gabigol, porque não queria estragar aquele momento para ela. Eu me senti muito mal, não gosto de mentir, mas às vezes é difícil”.

Gabigol chegou a 33 gols marcados em 2019 na última quarta-feira (16), quando fez um dos gols do Rubro-Negro sobre o Fortaleza – partida marcada também pelo destaque do jovem Reinier. E ao mesmo tempo em que Jeferson vê o seu time escrever história, também fica feliz pela fama e carinho que vem recebendo pela semelhança com o artilheiro isolado do Brasileirão.

“Quando eu vou para os jogos, é tanta pessoa que fica em volta de mim que é impossível comer alguma coisa, ir ao banheiro. E não são só os torcedores do Flamengo, mas de outros clubes também. É muito gratificante, não consigo explicar o quanto fico feliz com isso”.

“Eu tenho toda a confiança do mundo que o Flamengo pode vencer o Liverpool”, sacramentou, imaginando um novo encontro no Mundial de Clubes.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também