Sócios-torcedores do Inter já podem fazer cadastro pela Carteira Nacional Digital de Vacinação

·4 minuto de leitura


O Internacional iniciou o planejamento para que os sócios-torcedores façam o cadastro pela Carteira Nacional Digital de Vacinação e, assim, tenham acesso livre no momento em que acontecer a liberação do retorno do público aos estádios no Brasil.

Para fazer com que este retorno ocorra de forma segura, enquanto aguarda as definições das autoridades sanitárias locais, o clube está trabalhando na preparação do Beira-Rio para a retomada das atividades. Assim, deu início ao cadastramento da Carteira Nacional Digital de Vacinação dos sócios em seu site. A carteira está disponível no aplicativo ConecteSUS do Ministério da Saúde.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Dessa forma, o Colorado estará habilitado para atender as determinações da CBF para as competições de 2021 que adota como uma das formas de controle individual de torcedores a vacinação plena contra a Covid-19. Isto é, quando a pessoa recebeu as duas doses da vacina ou a dose única.

Com o cadastro da Carteira de Vacinação Digital no site, é provável que o sócio nestas condições esteja apto a fazer o check-in e a adquirir um ingresso para a partida sem precisar apresentar nenhum outro tipo de documento sanitário para acessar o estádio. Porém, essa definição dependerá ainda das determinações das autoridades governamentais.

A carteira permite que usuários e profissionais de saúde façam um acompanhamento da imunização uma vez que o cidadão cadastrado, assim que receber a vacina, tem a dose registrada no aplicativo. Com a carteira, é possível consultar o tipo de vacina aplicada, o lote de fabricação e a data em que a dose foi tomada, informações imprescindíveis para a segurança de todos que pretendem voltar ao Beira-Rio.

Durante a pandemia, de acordo com dados divulgados pela 'GoupFootball', o Internacional se manteve como o clube brasileiro com mais sócios ativos durante os 17 meses de pandemia - cerca de 75 mil ativos, a frente de Atlético-MG (73 mil), Grêmio (62 mil), Vasco (59 mil) e Flamengo (52 mil).

Uma das principais iniciativas para que os sócios se mantivessem ativos neste período, além de todo o conteúdo disponibilizado pelos canais colorados, foi a realização da campanha 'Estaremos Contigo', em meados de 2020. Nela, foi apresentada uma camisa exclusiva que premiou mais de 30 mil sócios que anteciparam as mensalidades durante o período sem jogos. A camisa foi uma maneira de agradecer os torcedores que atenderam ao chamado e daqueles que se mantiverem adimplentes junto à instituição.

O clube também realizou a criação da Liga Colorada, campeonato de futebol eletrônico promovido pela instituição. A ação permitiu que os participantes disputassem prêmio em quatro modalidades diferentes: no Playstation 4 ou no Xbox 360 e no Fifa 20 ou no Pro Evolution Soccer 2020.

- Foram maneiras de aproximar o torcedor do clube em um momento difícil e distante com portões fechados. Costumamos dizer que esse caminho precisava ser de mão dupla, e será assim quando o público voltar a nossa casa, promovendo engajamento e oferecendo benefícios que o façam se sentir acolhidos - explicou Jorge Avancini, vice-presidente de Marketing do Colorado.

Considerado um dos pilares da gestão do atual presidente Alessandro Barcellos, os planos para o sócio-torcedor do clube eram ousados antes da pandemia, tendo a meta de atingir algo em torno de 200 mil inscritos. Agora, o clube vem se preparando para que essa meta aconteça entre 2022 e 2023, momento previsto para o retorno da normalidade e, consequentemente, a possibilidade dos estádios atingirem sua totalidade de público.

- Temos feito o dever de casa e estudado experiências distintas, tanto para o sócio que for voltar a frequentar a nossa casa, até aquele que preferir o digital. É possível entregar algo físico, contato com atletas e ídolos, oportunidades, abrir o vestiário. E também é viável promover ações de relacionamento com conteúdos inéditos por meio de nossas plataformas. O Internacional tem buscado modernizar departamentos e capacitar profissionais para atingir essa excelência durante a nossa gestão - reforçou Barcellos.

Com a iminência de um eventual retorno de público ainda para este ano, inicialmente com capacidade para 30% do público, de acordo com informações preliminares da CBF, o Internacional está buscando alternativas para que o retorno às partidas seja de forma segura e consciente.

- Estamos considerando a nova realidade que não atinge apenas o Inter, mas o mundo todo. Temos acompanhado a movimentação de clubes brasileiros e de fora do país para fazermos tudo da forma mais correta. Optamos por solicitar essa atualização no cadastro do sócio para ganharmos tempo, caso a volta seja definida em breve - afirmou o vice-presidente de Administração, Victor Grunberg.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos