Só pode ser mentira! 5 vezes que o torcedor do Corinthians se sentiu enganado

Lucas Humberto
·3 minuto de leitura

Dia clássico das pegadinhas, 1º de abril está entre nós novamente. Todo torcedor com certa bagagem no futebol vai afirmar que já se sentiu enganado. Alguns clubes, no entanto, sofrem mais que outros. Essas são as cinco vezes em que o torcedor do Corinthians foi iludido na história recente.

1. Drogba vem aí...

Boatos dão conta que essa foto quase foi tirada no Pacaembu... | Mike Hewitt/Getty Images
Boatos dão conta que essa foto quase foi tirada no Pacaembu... | Mike Hewitt/Getty Images

Lá nos idos de 2017, o Corinthians iludiu toda a Fiel com uma possível contratação de Drogba, que na época já estava em seus 38 anos. As tratativas nunca avançaram muito, mas alguns pequenos indícios foram suficientes para levar torcedores de todas as idades e gerações ao delírio. Afinal, o atacante havia sido ídolo e campeão no Chelsea.

No fim das contas, tudo foi finalizado com um 'Valeu' por parte da diretoria Alvinegra.

2. Confiança em Luan

Luan chegou com grandes expectativas. | Alexandre Schneider/Getty Images
Luan chegou com grandes expectativas. | Alexandre Schneider/Getty Images

Luan chegou ao Corinthians em 2020 com uma missão difícil: repetir suas atuações como Rei da América de 2017. A expectativa era grande, talvez uma das maiores dos últimos cinco anos, e os valores envolvidos nas tratativas ainda maiores. Hoje, o polivalente meia não consegue entrar em campo nem nas situações mais adversas.

O camisa 7 até teve chances de mostrar potencial, mas ficou refém do seu próprio auge no esporte.

3. Lulinha e a confiança na máxima 'prata da casa'

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Cria do Timão, Lulinha anotou 300 gols nas categorias de base e acabou subindo ao time principal com 17 anos. Para infelicidade do destino, sua transição aconteceu justamente em 2007, também conhecido como ano do rebaixamento.

A expectativa sobre o meia era tão grande, que muitos faziam comparações com grandes craques do futebol, incluindo Kaká e Ronaldinho. Entre 2007 e 2009, foram 85 jogos e míseros quatro gols marcados. Bom, faltaram somente 296 para igualar aos tentos da base...

4. Guerrero só joga no Corinthians

Guerrero foi um dos grandes estrangeiros do Timão nos últimos anos. | Matthew Stockman/Getty Images
Guerrero foi um dos grandes estrangeiros do Timão nos últimos anos. | Matthew Stockman/Getty Images

Timão e Guerrero tiveram um casamento que deu certo por muitos anos. O centroavante está entre os estrangeiros mais queridos da Fiel. Em 2014, quando sua renovação era discutida pela diretoria, ele deu uma declaração que encheu a torcida de expectativa: 'No Brasil, só jogo no Corinthians'.

No ano seguinte ele rumou ao Flamengo e hoje defende as cores do Internacional.

5. Pato: Início de um sonho...

Pato será sempre lembrado pelo pênalti contra o Grêmio, na Copa do Brasil. | Ricardo Bufolin/Getty Images
Pato será sempre lembrado pelo pênalti contra o Grêmio, na Copa do Brasil. | Ricardo Bufolin/Getty Images

Alexandre Pato foi mais uma das contratações que chegou ao Corinthians com muita expectativa. Entretanto, o atacante nunca correspondeu dentro das quatro linhas e, quando saiu, não deixou saudades.

Sua passagem pelo Timão é lembrada pelo pênalti contra o Grêmio, na Copa do Brasil, quando ele 'entregou' a bola nas mãos do Dida e eliminou o Alvinegro do torneio.