Série C 2020 acaba com mata-mata na briga pelo acesso; entenda o regulamento

Goal.com
Edição deste ano da competição trará novidades na luta pelas vagas na segunda divisão; veja o que muda
Edição deste ano da competição trará novidades na luta pelas vagas na segunda divisão; veja o que muda

E, depois de oito anos, teremos mudanças no sistema de disputa da Série C. Na edição neste ano, os times não precisarão jogar o mata-mata para subirem até a Segunda Divisão: a fase de quartas de final foi substituída por dois quadrangulares.

Assim como no sistema antigo, os 20 times que jogam a competição foram divididos em dois grupos com dez times cada, regionalizados. No entanto, ao invés dos quatro classificados de cada grupo disputarem a vaga na Série B em um mata-mata, eles serão divididos em mais dois quadrangulares, e os dois primeiros de cada um deles estarão na segunda divisão do Brasileirão em 2021.

A mudança, decidida em votação nesta segunda-feira (2), foi proposta pelo Santa Cruz, com apoio do Remo e do Paysandu. A proposição afima que, com mais uma fase de pontos corridos, haverá mais justiça na hora de decidir os clubes promovidos para a Série B.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em 2019, o Papão se sentiu prejudicado nas quartas de final diante do Náutico, tendo perdido a vaga na segunda divisão em um erro claro e evidente de arbitragem . A proposta foi votada e aprovada, por 14 votos a 6.

Para definir o campeão, também terá mudanças: o primeiro colocado de cada um dos dois quadrangulares se enfrentarão na final. Ou seja, o único mata-mata da competição será utilizar para decidir quem sairá com a taça.

A Série C 2020 terá seu início no próximo dia 3 de maio, com clubes tradicionais do futebol brasileiro como o Criciúma, o Paysandu, o Remo, o Santa Cruz e o Vila Nova . O campeonato será transmitido com exclusividade pelo DAZN , ao vivo e em alta definição.

Leia também