Série B: com larga superioridade, Avaí vence CRB e deixa o Z4

·3 minuto de leitura


Apesar do jogo também ter ficado marcado por erros do trio de arbitragem, a partida amplamente superior no aspecto técnico do Avaí resultou em vitória Azzurra por 1 a 0 sobre o CRB em partida que ocorreu na tarde dessa sexta-feira (25). Resultado esse que, enquanto "travou" os alagoanos na sexta posição com 10 pontos, tirou o time avaiano do Z4 que, agora, tem sete pontos e está em 13° lugar.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

DOMINANTE

Logo no início do confronto, a equipe da casa tratou de buscar rapidamente a abertura do marcador tendo como base uma posse de bola bastante superior ao adversário onde, na primeira etapa, os comandados de Claudinei Oliveira conseguiu criar pelo menos quatro chances de bastante perigo. Nesses momentos, a participação ativa de Diogo Silva além do travessão (na batida violenta de falta executada por Edílson) acabaram evitando, até aquele momento, a abertura do marcador na capital catarinense.

SE JÁ ESTAVA COMPLICADO...

Sem uma solução eficiente diante do cenário onde basicamente fazia a recomposição defensiva e afastava a bola que rebatia e voltava para o domínio do Avaí (terminando o primeiro tempo sem finalizar nenhuma vez), o Regatiano viu o cenário do confronto ficar ainda mais complexo quando o meio-campista Renan Bressan foi forçado a deixar o campo mais cedo. Em lance onde a bola subiu ainda no campo de defesa dos alagoanos, na disputa o camisa 10 acertou o braço no rosto de Lourenço e a arbitragem de Djonaltan Costa de Araujo interpretou como passível de cartão vermelho direto.

FUROU O BLOQUEIO

Quando o compromisso se encaminhava para os acréscimos, Jonathan (em posição de impedimento que não foi marcado) conseguiu atrapalhar Frazan na disputa de bola que espirrou e voltou para o camisa 9 do Leão. O centroavante girou na marcação e batendo cruzado, rasteiro, fugindo do alcance de Diogo Silva.

EMOÇÃO ATÉ O FIM

O panorama do jogo não mudou no segundo tempo e o Avaí seguiu implementando a ideia de maior posse de bola e trabalhar pelos dois lados do campo para abrir a defesa da equipe que jogava com uma peça a menos para fechar os espaços. Mesmo com o esforço dos alagoanos, as chances para o time Azzurra ampliar chegaram a aparecer onde, novamente, Diogo Silva precisou trabalhar bastante para manter o CRB vivo no confronto.

Com o passar do tempo, a posse de bola dos avaianos, mesmo não resultando em novo gol, parecia desgastar cada vez mais a equipe visitante. Já na reta final do confronto, modificações para renovar o fôlego do Galo da Praia no ataque tentaram mudar o rumo do confronto onde Erick chegou a acertar uma bola no pé da trave direita de Gledson, mas não foi suficiente para alterar novamente o placar da Ressacada.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA
AVAÍ 1 x 0 CRB

Local:
Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data e hora: 25/06/2021 - 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Djonaltan Costa de Araujo (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias e Bárbara Roberta da Costa Loiola (ambos PA)
Cartões amarelos: Diego Renan, Edílson (AVA); Frazan, Marthã, Allan Aal, Alisson Farias (CRB)
Cartões vermelhos: Renan Bressan (CRB)

GOLS: Jonathan (45'/1°T) (1-0)

AVAÍ (Técnico: Claudinei Oliveira)

Gledson; Edilson (Iury, aos 27'/2°T), Alan Costa, Alemão e Diego Renan (João Lucas, aos 12'/2°T); Jean (Jean Cléber, aos 12'/2°T), Wesley e Lourenço; Renato (Getúlio, aos 27'/2°T) Jonathan (Copete, aos 18'/2°T) e Vinícius Leite.

CRB (Técnico: Allan Aal)

Diogo Silva; Celsinho (Ewandro, aos 18'/2°T), Frazan (Ewerton Páscoa, aos 17'/2°T), Caetano e Guilherme Romão; Marthã (Claudinei, aos 17'/2°T), Carlos Jatobá, Reginaldo, Renan Bressan e Alisson Farias (Erik, aos 32'/2°T); Hyuri (Nicolas Careca, aos 32'/2°T).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos