São Paulo vence Sporting Cristal com grande atuação e encerra dois tabus em Libertadores; saiba quais

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Depois de ótimas exibições no Paulistão, o São Paulo enfrentou, na noite desta terça-feira (20), o primeiro grande teste de sua temporada 2021: pela primeira rodada da Conmebol Libertadores, o Tricolor Paulista visitou o Sporting Cristal (PER), que vinha de 21 jogos de invencibilidade. Antes da bola rolar, esperava-se um jogo enroscado para o Soberano, mas o time de Crespo simplificou a missão com uma grande exibição: vitória por 3 a 0, gols de Éder, Benítez e Luan.

O triunfo fora de casa, além do peso esportivo/classificatório para o Soberano, teve um significado histórico importante para o clube: o Tricolor não vencia um jogo de Libertadores fora de casa desde o dia 15 de abril de 2015, quando venceu o Danubio (URU). A seca de triunfos como visitante já durava 12 jogos, com oito derrotas e quatro empates neste intervalo.

Vitória maiúscula do São Paulo em solo peruano | MARTIN MEJIA/Getty Images
Vitória maiúscula do São Paulo em solo peruano | MARTIN MEJIA/Getty Images

Além disso, o Tricolor Paulista quebrou outro tabu: não vencia em estreias de Libertadores desde o ano de 2010. Uma noite importante e de consolidação para o trabalho recém-iniciado de Hernán Crespo, que terá decisões a tomar nos próximos dias, já que o calendário são-paulino é pesado: duelos contra Santo André (23/4) e Ituano (25/4) pelo Paulistão, antes do confronto de segunda rodada contra o uruguaio Rentistas no dia 29 de abril.

Fala, Martin Benítez!

Benítez foi um dos destaques do São Paulo no duelo | MARTIN MEJIA/Getty Images
Benítez foi um dos destaques do São Paulo no duelo | MARTIN MEJIA/Getty Images

Apontado como um dos destaques são-paulinos na partida, o meia Martín Benítez apontou a concentração como fator primordial para o resultado positivo:

Tínhamos que estar concentrados por 90 minutos e creio que isso foi a chave para o São Paulo sair com um resultado positivo

"A prioridade para nós é disputar cada campeonato para ganhar os títulos. É um clube muito grande. Em todo campeonato, temos que brigar para vencer. Sabemos da importância da Copa Libertadores. Começamos o ano muito bem e tomara que a equipe mantenha a intensidade e jogue com a seriedade que a partida pede", concluiu.